Níveis de ozono no ar elevados em Vouzela

A concentração de ozono no ar registada na estação de Fornelo do Monte, em Vouzela, ultrapassa os níveis a partir dos quais a saúde publica pode ser afectada.

Numa nota enviada à comunicação social, a CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro alerta para o facto de os valores de concentração observados poderem “provocar danos na saúde humana, especialmente nos grupos mais sensíveis da população, como as crianças, os idosos, os doentes asmáticos e alérgicos e e os indivíduos com outras doenças respiratórias ou cardíacas”.

Esta elevada concentração de ozono acontece foi registada esta sexta-feira, e a CCDRC recomenda que por isso às pessoas da região que “reduzam ao mínimo” a atividade física intensa no exterior “sobretudo ao ar livre” e evitem outros fatores de risco, “como fumar ou utilizar/contactar com produtos irritantes contendo solventes na sua composição”, como gasolina, tintas e vernizes.

Tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações oculares são alguns dos efeitos resultantes da exposição a concentrações elevadas de ozono.

Por causa do calor o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prolongou até à noite deste domingo o aviso amarelo decretado para o distrito de Viseu.

 

Consulte aqui as temperaturas nos vários concelhos do distrito.