Holandês quer passar o resto dos seus dias a fazer vinho em São João da Pesqueira

O holandês Maarten van Luyt está a viver em Portugal, mais concretamente em São João da Pesqueira, desde 2009. Descobriu o nosso país e a região do Douro dois anos antes após de ter participado nas vindimas.

Designer gráfico de formação, deixou para trás um trabalho na área para se dedicar à produção de vinho porque queria “viver na natureza”. Antes de Portugal, passou por grandes regiões vitivinícolas em países como a França, Itália, Chile e Nova Zelândia onde conheceu um português que lhe apresentou os vinhos do Douro. Em São João da Pesqueira, Maarten van Luyt comprou uma quinta e onde já plantou um hectare de vinha e outro de oliveiras.

Na Quinta de Alaúde quer ainda plantar árvores de fruto e produzir vegetais, chás e mel, tudo para dar a provar aos turistas. Na propriedade que adquiriu e que fica situada numa montanha em Ervedosa do Douro está ainda a construir uma casa de habitação e um espaço de alojamento local.

Enquanto as obras não estão prontas vive num apartamento na vila de São João da Pesqueira. Foi em 2011 que começou a produzir vinho tinto e branco do Douro a partir de uvas que comprou na região demarcada.

Para já vende apenas para o país natal, mas conta expandir as vendas para mais países quando a marca estiver consolidada. Voltar para a Holanda está fora dos planos de Maarten van Luyt. Quer ficar em Portugal “para sempre”. Do nosso país, que classifica como “bonito”, aprecia os “bons vinhos, as pessoas simpáticas e as muitas oportunidades para trabalhar”.

Aceda a mais INFORMAÇÃO e CONTEÚDOS EXCLUSIVOS sobre a REGIÃO de VISEU,  ASSINE o JORNAL do CENTRO!