05 Abr
Viseu

Região

Coronavírus: Viseu não tem detidos por desobediência, mas há estabelecimentos encerrados por não cumprirem regras

por Redação

26 de Março de 2020, 20:47

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

A Guarda Nacional Republicana já fechou no distrito nove estabelecimentos no distrito por violação das regras do Estado de Emergência. Recorde-se que o Governo decidiu encerrar bares e cafés até, pelo menos, dia 2 de abril. O Tenente Coronel Adriano Resende, relações públicas da GNR de Viseu confirmou os números ao Jornal do Centro. 
“Em termos de detenções ainda não temos nenhuma no distrito de Viseu, mas no que diz respeito a encerramentos, já são nove encerrados. A GNR começou por fazer ações de sensibilização que mantém junto dos cidadãos.”, salienta. 

54 pessoas foram detidas em Portugal
No total nacional, foram encerrados 1031 estabelecimentos por incumprimento. Mas há mais números: cinquenta e quatro pessoas foram detidas, até às 18:00 de hoje, por crime de desobediência, anunciou o Governo num balanço atualizado sobre o incumprimento do estado de emergência devido à pandemia da covid-19. As medidas que concretizam o estado de emergência em Portugal entraram em vigor no domingo, sendo fiscalizadas pela PSP e GNR.


Número de crimes desce em Viseu... talvez por medo de contágio, mas burlas podem subir
Há outro dado que a GNR destaca: está a diminuir a criminalidade no distrito de Viseu. “Há um decréscimo considerável no que diz respeito às participações criminais. Estamos a analisar os números para perceber o que os causou, mas, é certo que, com o recolhimento obrigatório, as pessoas estão mais nas suas casas, que estão mais protegidas. E também o cidadão que se dedica ao alheio terá receio de ser contagiado e terá feito uma suspensão dessa atividade ilícita”, assinala Adriano Resende. Apesar de se registarem menos crimes, a GNR alerta para a possibilidade de ocorrência de burlas ligadas ao Covid-19. O Tenente Coronel Adriano Resende mostra-se satisfeito pelo facto de, no seu entender, as pessoas estarem a seguir as recomendações das autoridades.
 

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts