Pena e Covas do Monte querem ser aldeias 7 maravilhas

São Pedro do Sul quer que pelo menos duas das aldeias do concelho vençam a edição deste ano do projeto 7 Maravilhas que este ano é dedicada às localidades. O município sampedrense vai candidatar a Aldeia da Pena às categorias Aldeia Autêntica e Rural e Covas do Monte ao grupo relativo às Aldeias Rurais.

A autarquia está ainda a ponderar submeter uma candidatura para o Fujaco. “No panorama nacional não há muitas aldeias com as características destas, portanto elas têm condições e características que nos levam a achar que podem ganhar este galardão”, refere o vice-presidente e vereador com o pelouro do Turismo na Câmara Municipal, Pedro Mouro.

Segundo o responsável, estas aldeias foram selecionadas porque para além de serem as que são mais valorizadas “do ponto de vista turístico no concelho”, são também as que recebem mais visitantes nacionais e europeus. “Tendo estas características e uma capacidade de atrair turismo, nós queremos com esta candidatura dinamizar e promovê-las ainda mais porque têm condições para crescer do ponto de vista da atratividade turística.

Esperamos acima de tudo ganhar e que [isso] nos permita dinamizar a economia local e fixar algumas pessoas nessas aldeias”, frisa ainda Pedro Mouro. As candidaturas ao concurso estão abertas até ao dia 7 de março.

Podem concorrer entidades públicas e privadas nas categorias: Aldeias com História, Aldeias de Mar, Aldeias Ribeirinhas, Aldeias Rurais, Aldeias Remotas, Aldeias Autênticas e Aldeias em Áreas Protegidas. Depois de março um grupo de especialistas vai fazer uma pré-seleção do património a concurso. A eleição das 7 Maravilhas – Aldeias de Portugal vai ser apurada por votação do público, à semelhança do que aconteceu em edições anteriores do prémio instituído pela primeira vez há dez anos.

• Faça aqui a sua assinatura anual.