A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Museu de Lamego recebe exposição sobre censura

Museu de Lamego, exposição, censura, Estado Novo
07-01-2019
 

O Museu de Lamego inaugura esta quinta-feira (10 de janeiro) uma exposição promovida pela biblioteca Ephemera sobre a censura no regime do Estado Novo.

“Só existe aquilo que o público sabe que existe”, uma frase dita por António de Oliveira Salazar, é o mote da mostra que ficará patente até 10 de fevereiro e contém documentos provenientes do arquivo mantido pelo ex-deputado José Pacheco Pereira, incluindo livros, jornais, revistas, programas de rádio e filmes.

Em comunicado, o Museu de Lamego realça que uma parte desta coleção foi “resgatada de espólios em risco de desaparecimento, outra adquirida para evitar a sua saída de Portugal para arquivos estrangeiros e outra ainda oferecida ao Ephemera”.

“Durante 48 anos, de 1926 a 25 de Abril de 1974, os portugueses nunca tiveram um dia em que pudessem ler um jornal, revista ou livro, ouvir um programa de rádio, ver um filme ou a televisão, sem que alguém autorizasse o que liam, ouviam e viam”, recordou Pacheco Pereira.

A colaboração entre o Museu de Lamego e o Ephemera arrancou em setembro do ano passado, no âmbito das Jornadas Europeias do Património, com a assinatura de um protocolo de colaboração mútua.

O acordo permite que o espaço museológico seja um ponto de recolha de materiais para aquele acervo, enquanto a própria instituição compromete-se a apoiar as iniciativas do museu e colocar à sua disposição material para a organização de exposições e conferências.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT