“Somos a feira popular de referência do país”, diz gestor

Feira de S. Mateus, balanço
16-09-2018
 

O gestor da Feira de S. Mateus, Jorge Sobrado, anunciou que o certame que termina este domingo (16 de setembro) não vai atingir a meta das 1,2 milhões de entradas, mas assegurou que “o mais importante não é a quantidade mas sim a qualidade”.

Ainda assim, o também vereador da Cultura da Câmara de Viseu frisou que o número de entradas da edição 626 é “igualmente extraordinário”. “Somos a feira popular de referência do país e sabemos por experiência própria. A Feira está melhor, está mais viva, está num grande momento de forma”, sublinhou com satisfação.

Ao projetar a edição de 2019, o gestor anunciou que a aposta numa programação familiar vai continuar e confirmou que a organização está em contactos para conseguir ter um grupo internacional na agenda.

Além disso, Jorge Sobrado mostrou-se ainda satisfeito com o sucesso do Espaço do Infante, que foi visitado por mais de quatro mil pessoas. O responsável adiantou que a iniciativa, organizada em conjunto com o Oceanário de Lisboa, é para continuar.

Jorge Sobrado reforçou ainda a intenção de requalificar a zona das farturas e destacou a aposta ganha com o novo espaço de restauração que, disse, teve um aumento de faturação face à edição anterior.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT