Visitante um milhão da Feira foi coroada com passe geral para 2019

Feira de S. Mateus, visitante um milhão, Viseu
10-09-2018
 

Sónia Sanches foi oficialmente coroada esta noite (10 de setembro) como a visitante número um milhão da Feira de S. Mateus no palco principal do certame, em Viseu.

A coroação foi feita antes do concerto de Ricardo Azevedo numa pequena gala feita pela organização da Viseu Marca e pelo Jornal do Centro e que contou com a presença solene de Jorge Sobrado, gestor do evento.

Depois de ter sido recebida à entrada com pompa e circunstância naquela que foi a primeira visita este ano, a visitante de Sabugal, que vem todos os anos à Feira Franca, deu uma volta pelo recinto, provou farturas e foi passar um bom jantar no bairro da restauração, mais concretamente no restaurante Tia Iva, juntamente com uma amiga.

Do jantar a natural de Sabugal seguiu diretamente para o Palco Santander, onde foi recebida de novo por Jorge Sobrado, que voltou a acolhê-la de braços abertos juntamente com o Supercentro. “Esta é a sua casa”, disse o também vereador da Cultura da Câmara à visitante.

Na cerimónia, Sónia Sanches recebeu a coroa e um cheque indicativo do primeiro passe geral de acesso à próxima edição da Feira em 2019 e voltou a ouvir (e a aceitar) os direitos e deveres da sua nova “ocupação”, incluindo zelar pelo bom nome da Feira, consumir tudo sem pagar nada nas zonas de restauração e diversões, e escolher um dos concertos do certame para 2019 “dentro do orçamento”.

Questionada qual era a sensação, a visitante um milhão diz que esta é “uma boa iniciativa”. Já Jorge Sobrado reiterou que a iniciativa do visitante um milhão será uma “nova tradição” que voltará a preencher a agenda da Feira por muitos anos e reafirmou que o seu objetivo passaria por tornar a Feira mais humana e com rostos que fazem parte dela.

Depois de alcançada esta meta, o também vereador da Cultura da Câmara de Viseu quer agora fazer um “sprint” final até superar as 1,2 milhões de entradas registadas no ano passado a tempo de encerrar a edição 626. Encerramento esse que já está agendado para o próximo domingo (dia 16).

Finalmente, Jorge Sobrado afirma que a Feira de S. Mateus é, por si só, uma tradição que se transporta de geração para geração na forma de um “baú vivo”. Tradição essa que motiva a criação de novas ações como aquela que foi concretizada esta segunda-feira.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT