A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Festival para espíritos alternativos em Viseu

Edição de 27 de setembro de 2019
28-09-2019
 

O festival de música indie rock que se estreia este fim de semana em Viseu – Indi Noise Fest - surgiu da vontade de um grupo de amigos que, segundo Luís Carvalho Homem, um dos organizadores, olha para o panorama cultura do interior do país, e de Viseu em particular, com alguma preocupação. Com o evento, pretende-se “resgatar uma forte tradição de produção e divulgação da música indie rock na região, associando-a a outras manifestações culturais, com o intuito de desenvolver um projeto abrangente de afirmação cultural da cidade”, explica o porta-voz.

“Viseu teve uma forte tradição de divulgação e produção de música independente, quer pelo número de bandas locais que se afirmaram no panorama musical, quer pela existência de espaços que foram uma referência na forma de ouvir e sentir a música indie a nível nacional”, lembra o organizador. Desta forma, faz sentido, para o grupo, resgatar tradições, numa ótica de modernidade e cosmopolitismo, que considera ser essenciais para a fixação da cultura em Viseu. “Em diversas cidades próximas acontecem eventos associados à música independente que atraem um público cada vez mais eclético. Esse é o nosso objetivo. Trazer a Viseu gente de diversos locais, unida no gosto comum pela música e pela cultura”, acrescenta.

Apesar de terem tido algumas dificuldades na realização do Noise Indie Fest, Luís Carvalho Homem diz que “são o maior estímulo para que façamos cada vez melhor”. Por isso mesmo, um dos objetivos é que o projeto se torne anual. Esta é a primeira “de muitas edições de um festival que pretendemos que ajude a dinamizar culturalmente a cidade e a região”, afirma.

No que toca à seleção dos artistas para atuar, o organizador refere que surgiu naturalmente. “A música, que acaba por ser a razão de ser do Noise é o elo de ligação entre todos nós e por isso, quando nos sentamos para discutir os nomes que gostaríamos de trazer, a concordância foi quase absoluta e imediata. Queríamos bandas que representassem um olhar moderno na produção indie nacional e acho que conseguimos. Foi por isso, com uma ponta de orgulho que, depois da seleção feita e dos contratos firmados, constatamos que as nossas escolhas constavam do alinhamento de alguns dos mais relevantes festivais de verão nacionais”, explica.

O Orfeão de Viseu, local escolhido para a iniciativa, recebe concertos de Vaarwell, Sunflowers e Enes, a partir das 21h30, de sábado (28 de setembro). A noite prolonga-se com after party, no Fator C, a cargo de Nuno Calado e Gryzzler.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT