A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Teatro Viriato celebra Zeca Afonso com Júlio Pereira

Edição de 4 de janeiro de 2019
04-01-2019
 

À sombra não me quito. À sombra não me calo”... Já dizia Zeca Afonso num dos seus poemas que não se transformou em música. Daqui partiu a inspiração para o espetáculo que une os músicos Júlio Pereira, António Zambujo, Camané, Carlão, Sara Tavares, Teresa Coutinho e Teresa Salgueiro e que vai ser apresentado em Viseu.

A “visita” ao universo poético e musical do músico que cantou a liberdade é agora proposta e partilhada por sete músicos que, também eles, estão de alguma forma ligados às sonoridades e à vida do cantor de intervenção. São, nas palavras do crítico João Luís Oliva, “navegantes das mesmas águas”, embora criadores e intérpretes de canções dos “mais desvairados modos” e que vão do fado ao rap e dos compositores aos instrumentistas e produtores que o acompanharam em palcos, estúdios, ares, estradas e vidas.

Júlio Pereira, por exemplo, recebeu o prémio José Afonso este ano com o álbum ‘Praça do Comércio’, composto por temas originais, no qual juntou uma versão do tema “Índios da Meia-Praia”, original de Zeca Afonso.

“À sombra não me quito” é apresentado nos dias 17 e 18 de janeiro (quinta e sexta-feira), pelas 21h30. Trata-se de uma encomenda do Teatro Viriato com apresentação única em Viseu.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT