A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

David contra Golias na Taça de Portugal

Edição de 2 de novembro de 2018
02-11-2018
 

O encontro é histórico para as gentes de Vildemoinhos. O clube sonhou com um grande do futebol português e o sorteio assim o ditou. O presidente, António Loureiro, chegou a pedir aquele a que chama o seu segundo clube, o Sporting, no estádio do seu clube do coração.

O dirigente chegou a dizer que vencendo o Nacional, só uma equipa do meio da tabela para cima seria capaz de parar o Lusitano na competição.

A diferença de dimensão entre as duas equipas é uma realidade, a começar pelo orçamento por época disponível para cada clube. Mas, como já o demonstrou na passada eliminatória, no velhinho Estádio dos Trambelos mora uma equipa lutadora e ambiciosa.

O conjunto orientado por Rogério Sousa ocupa a oitava posição da tabela classificativa, com 15 pontos (com cinco vitórias e quatro derrotas, em nove partidas disputadas), seguindo enquanto quarto melhor ataque da prova (15 golos marcados), apenas com registo inferior relativamente ao Gondomar (19), Gafanha (17) e Lusitânia (16), em primeiro, segundo e sexto lugar respetivamente.

Os leões, que militam na Primeira Liga, ocupam o quinto lugar, com 16 pontos (cinco vitórias, um empate e e duas derrotas em oito jogos realizados).

Carlos Lopes, embaixador da equipa de Viseu, não tem dúvidas do empenho da equipa da sua cidade natal e mostra-se duplamente feliz por este encontro entre os seus dois amores. Do lado do Sporting é exigido aos seus atletas que “dignifiquem o clube”.

Será que neste encontro, agendado para dia 25, a personagem mais frágil que fez cair o Nacional, fará cair o Sporting? Será um David contra Golias.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT