A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

"Desporto não é só futebol ou desportos de equipa"

Edição de 30 de agosto de 2019
 

Entrevista de desporto a Rafael Amaral

Programa completo


31-08-2019
 

Rafael Amaral, atleta de artes marciais e de desportos de combate, tem 18 anos, é natural de Viseu e é campeão mundial de Kempo Chinês. Estuda Secretariado e Comunicação Empresarial, na Universidade de Aveiro, e já arrecadou 60 títulos num desporto que, no combate corpo a corpo, implica elevados riscos físicos. Agora, o atleta procura conciliar os estudos com as longas horas de treino.

Desde quando e como é que começou a praticar artes marciais?

Iniciei o meu percurso, por voltas dos três, quatro anos, quando me inscrevi num ATL, em que as atividades extracurriculares eram variadas. Escolhi natação e, por curiosidade, tinha várias artes marciais. Como não as conhecia, escolhi Kempo Chinês. Pratico a modalidade há cerca de 16 anos.

Sendo um atleta de artes marciais e desportos de combate, dá foco a uma arte marcial em específico ou tenta abranger o máximo de estilos possível?

Já experimentei vários estilos, mas sempre me preferi especializar num, neste caso o Kempo Chinês, que por si só é uma arte marcial bastante abrangente. Tem estilos de defesa pessoal e de técnica variados e diferentes estilos de combate.

Considera que as artes marciais e os desportos de combate são bem divulgados e aceites em Portugal?

A divulgação dos desportos de combate e, principalmente, das artes marciais é quase nula em Portugal, tanto que quase ninguém conhece praticantes. Penso que poderia ser dado muito maior destaque. Desporto não é só futebol e desportos de equipa.

Que projetos é que tem planeados?

Para o fim do ano, eu e a minha equipa temos um campeonato europeu em Vila Franca de Xira. Em setembro vou iniciar o curso de treinador desportivo, para poder começar a dar aulas de artes marciais e de desportos de combate.

Considerando que as artes marciais, e os desportos de combate em específico, envolvem riscos, possivelmente mais altos que outro tipo de desportos, acha que deve haver uma grande ponderação na hora de alinhar neste tipo de práticas desportivas?

É óbvio que convém ter consciência onde é que as pessoas se estão a meter, mas não considero que seja especialmente agressivo. Isso depende mesmo da pessoa e de quem ensina. Mas sim, convém ter um especial cuidado.

Já teve alguma lesão mais grave derivada do desporto?

Das minhas lesões, as mais graves devem ter sido cerca de duas ou três. Uma foi ter deslocado três vertebras da coluna. Fraturei o nariz duas ou três vezes e fraturei a rótula, mas pronto, como se costuma dizer, são ossos do ofício.

Qual foi a prova que mais o marcou?

Foi provavelmente o Campeonato do Mundo em Itália, salvo erro em 2012, em que estava num combate de semi-contact, que é por pontos. Estávamos em ponto de ouro e a três segundos do fim eu marquei [o ponto], e foi dos meus melhores combates e que mais gozo me deu.

Como é que se prepara em termos de alimentação e na componente física?

Não é preciso um plano alimentar específico. Basta que seja um plano alimentar bem equilibrado. Quando me encontro próximo dos campeonatos, não convém consumir álcool nem beber muito café. Reduzir nos hidratos e aumentar na proteína para o corpo ter energia suficiente e a massa muscular estar restabelecida. A nível de preparação física, convém treinar diariamente e na semana antes de uma competição diminuir a intensidade de treino, mas nunca parar.

Como é que concilia os estudos com a prática de artes marciais e dos desportos de combate?

Admito que não é fácil, mas tudo é possível com força de vontade. É cansativo, costumo treinar três ou quatro horas por dia em tempo de aulas. Por vezes levo o portátil para os treinos para adiantar trabalhos e estudo nas pausas [do treino]. Acontece que algumas vezes preciso de faltar a esta ou aquela aula, mas recupero tudo facilmente, com um pouco mais de esforço, como é óbvio.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT