A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Futsal: ABC Nelas precisa de vencer para passar à próxima fase da Segunda Divisão

ABC Nelas, futsal, antevisão, Pedreles, Casa do Benfica
02-02-2019
 

Vencer. “Não há outra coisa que queiramos tanto”, começa por dizer Rui Almeida, treinador do ABC de Nelas, explicando a importância do encontro deste fim de semana da 15ª jornada da série C da Segunda Divisão de futsal frente ao Dínamo Sanjoanense.

“Em primeiro lugar, este jogo qualifica-nos para a fase onde queremos estar, junto dos primeiros. Depois, porque sentimos que no jogo em S. João da Madeira não estivemos no nosso melhor nível e queremos corrigir essa imagem”, afirma o técnico.

O Dínamo Sanjoanense foi uma das equipas que roubou pontos aos nelenses na primeira volta do campeonato e Rui Almeida sabe das dificuldades para o encontro. “Sabemos que nos vão levantar problemas porque é uma equipa complicada, mas estamos muito perto de atingir aquilo a que nos propusemos este ano e como se costuma dizer «não deixes para amanhã o que podes fazer hoje», por isso, se o podemos fazer já este fim de semana, não o vamos deixar para outro fim de semana qualquer”, frisa.

‘Nervoso miudinho’ começa a sentir-se

Dada a importância da partida, o treinador do ABC de Nelas, Rui Almeida, não esconde o “nervoso miudinho” dentro do plantel. “É sinal que gostam do que fazem”, explica.

Para o treinador da equipa líder da série C, o sentimento é importante e saudável na medida certa, mas deve passar “no primeiro apito do árbitro”. “Quando a bola começar a rolar tem de acabar e temos que fazer o que temos planeado e trabalhado. Quem quer o que queremos, não pode ter nervosismo porque isso pode condicionar toda ação no jogo”, conclui.

Pedreles confiante num resultado positivo

A viagem do Pedreles, este domingo, é até Pardilhó, onde vai defrontar o terceiro classificado da série C do campeonato, a Saavedra Guedes. Apesar de este ser “mais um jogo com um nível de dificuldade muito elevado”, Paulo Alves, treinador da formação de Mangualde, acredita que vai trazer na viagem de regresso os três pontos. “Se estivermos em pleno em termos de faculdades, podemos ganhar, como fizemos na primeira volta. Se estivermos abaixo, como aconteceu contra o ABC de Nelas, estamos mais perto de perder”, explica.

A equipa está a preparar-se para o encontro com algumas limitações, como é o caso do número reduzido de atletas. “Temos nove atletas seniores, é um número muito reduzido para as exigências da Segunda Divisão nacional”, lamenta Paulo Alves. Apesar de todas as limitações, o treinador do Pedreles mostra-se confiante na meta que continua a ser a manutenção. “Com as armas que temos sei que temos potencial para conseguirmos o objetivo”, frisa.

O jogo da Casa do Benfica é o 15.º, as derrotas são 14

Ao contrário do topo da tabela que não há quem os pare, no fundo, o Casa do Benfica de Viseu continua com zero pontos. Este domingo o teste de fogo é em Oliveira de Azeméis para defrontar o Ossela, sétimo classificado da série C.

A formação de Viseu voltou a perder na última jornada frente do terceiro classificado, a Saavedra Guedes, somando a 14ª derrota.

Apesar das várias tentativas, não foi possível chegar à fala com Rui Maurício, treinador das águias viseenses.

 





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT