A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Lusitano e Castro Daire: depois das derrotas, só interessa a vitória

Edição de 30 de agosto de 2019
31-08-2019
 

Na terceira ronda da competição o Castro Daire vai receber o Ginásio Figueirense, que atualmente se encontra na mesma situação pontual que a equipa da região beirã. Sob as ordens de Vasco Almeida, a formação castrense ainda não somou nenhum ponto na estreia no Campeonato de Portugal e espera agora dar o primeiro passo rumo ao objetivo principal, que é a manutenção nesta divisão.

Na primeira jornada o emblema de Castro Daire perdeu no seu reduto por 1-3 frente ao Leça e na segunda ronda, na deslocação ao terreno do Vila Real, o jogo terminou com a derrota da equipa da região de Viseu por 2-1.

As duas formações nunca se defrontaram antes, o que pode indicar pouco conhecimento tático do adversário, de parte a parte. Vasco Almeida não vai puder contar com Luís Barry que saiu lesionado aos 35 minutos da última partida e Emerson Gomes que foi suspenso por dois jogos após levar cartão vermelho direto na primeira jornada. Em situação contrária, Simão Fernandes que se encontrava suspenso por também ter sido advertido com um cartão vermelho na primeira jornada, está de regresso e vai fazer parte do leque de opções que o técnico tem à sua disposição.

Lusitano espera voltar às vitórias em casa…

Na primeira jornada, o Lusitano tinha conquistado os três pontos com uma vitória folgada sobre o Vila Real, mas na segunda jornada, a jogar fora de portas, a equipa às ordens de Rogério Sousa perdeu por três bolas a duas no terreno da Sanjoanense.

Pela frente, o emblema de Vildemoinhos vai ter agora o Leça, que atualmente ocupa o segundo lugar da tabela classificativa, depois de ter vencido os dois primeiros jogos do campeonato, o primeiro por 1-3 frente ao A.D. Castro Daire.

Esta já não é a primeira vez que as duas formações se defrontam, visto que na época passada já se encontraram no Campeonato de Portugal. Os jogos terminaram sempre com a vitória da formação da casa. A jogar nessa condição, o Lusitano venceu o Leça por três bolas a zero, enquanto que a jogar como forasteiro, a equipa de Vildemoinhos perdeu pela margem mínima em Leça da Palmeira.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT