A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Lusitano e Castro Daire: segunda jornada para afinar estratégias

Edição de 23 de agosto de 2019
23-08-2019
 

O Lusitano começou o Campeonato de Portugal (2019/20) com uma goleada por 4-0, frente ao Vila Real. Um resultado que coloca a equipa de Viseu no primeiro lugar da Série B, à frente do grupo das oito equipas que somaram três pontos nesta jornada inaugural.

Na próxima jornada vai ter pela frente a Sanjoanense, equipa de São João da Madeira, que na primeira jornada perdeu por 2-1, no terreno do Coimbrões.

“Esperamos um jogo complicado. As vitórias são boas, mas não ganham jogos. Sabemos que a Sanjoanense é uma equipa que tem grandes ambições. Antevemos uma partida complicada, como vai ser o resto do campeonato. Os jogos fora têm sido ainda mais complicados nos outros anos e, por isso, estamos à espera de bastantes dificuldades. Queremos pontuar, queremos ganhar pontos. Era importante que depois desta vitória boa que tivemos em casa, deste início bom que tivemos em casa, ganhar mais três pontos na segunda jornada era ótimo. Vamos trabalhar para isso, vamos preparar a equipa o melhor possível e o melhor que podemos para conquistar esses três pontos em São João da Madeira”, afirma Rogério Sousa, treinador do Lusitano de Vildemoinhos.

Castro Daire com nova oportunidade

A equipa orientada por Vasco Almeida vai defrontar o Vila Real na segunda jornada do Campeonato de Portugal, após ter perdido por (1-3) em casa. A formação do Castro Daire tem pela frente um adversário que na ronda inaugural da competição sofreu uma pesada derrota por (4-0), frente ao Lusitano de Vildemoinhos. Os dois emblemas não somaram pontos no primeiro jogo e agora esperam subir alguns lugares na tabela classificativa.

“Nós não começámos como queríamos. Queríamos começar com pontos, como é óbvio. Infelizmente não conseguimos. Queremos trazer pontos de Vila Real. Agora também sabemos de antemão que é um jogo difícil como vão ser todos neste campeonato, ainda mais fora. Mas é contra uma equipa que à partida lutará pelos mesmos objetivos que nós e, como tal, esperamos que o jogo também seja equilibrado e que no fim possa cair para o nosso lado”, assume o técnico Vasco Almeida.

O treinador analisou o jogo inaugural e diz que a equipa precisa de ter “um pouco mais de qualidade com bola, para poder criar mais dificuldades ao adversário e que nos permita fazer mais golos”. “É continuar a manter as coisas que nós fizemos bem e melhor alguns aspetos que correram menos bem”, assinala.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT