A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Lusitano reencontra o Espinho e procura ganhar vantagem

Edição de 4 de outubro de 2019
04-10-2019
 

O Estádio dos Trambelos acolhe, este sábado (5 de outubro) à tarde, um jogo que pode marcar o trajeto do Lusitano na série B do Campeonato de Portugal. Os trambelos somam até este momento nove pontos, mais um do que o Sporting de Espinho, o adversário desta jornada.

Os encontros da jornada seis foram todos antecipados para sábado porque domingo (dia 6) é dia de eleições legislativas. Em dia de reflexão, Rogério Sousa faz votos para que o encontro corra de feição para ficar com quatro pontos de vantagem. “É um jogo de grau de dificuldade elevado. O Espinho é, provavelmente, um candidato a passar à próxima fase para disputar a subida de divisão e vem moralizado porque conseguiu passar a eliminatória da Taça. Temos que nos preparar para mais um embate duro”, refere o técnico do Lusitano.

A equipa viseense ainda só jogou duas vezes em casa e obteve resultados diferentes: goleou, na estreia, o Vila Real por 4-0 e perdeu 1-2 frente ao Leça. Rogério Sousa diz que o segredo é a equipa puxar pelo público e não o contrário. “Os adeptos têm-se identificado com o que o Lusitano tem feito e é importante o apoio de todos. O trabalho dos jogadores fica mais facilitado e eles querem devolver tudo aos sócios”, assegura o técnico. Assumindo que a temporada não está a ser fácil para o conjunto de Vildemoinhos, Rogério Sousa diz que os orçamentos não representam o peso maior na balança que desequilibra os clubes da série B.

“Temos lutado de igual para igual, mas temos de ter noção das diferenças. Obviamente que ter mais dinheiro permite escolher melhores jogadores e consequentemente bons plantéis, mas o que distingue os clubes é serem profissionais ou amadores. Nós trabalhamos durante o dia e treinamos depois do trabalho. Alguns dos jogadores têm empregos que exigem esforço físico. Se calhar a maior parte das equipas da nossa série são profissionais e isso faz a diferença, o foco é sempre maior”, confessa Rogério Sousa.

Castro Daire joga em casa

Também nesta jornada, o Castro Daire vai tentar aproveitar o fator casa para somar os primeiros pontos no Campeonato de Portugal. A turma de Vasco Almeida tem, neste momento, mais golos sofridos do que o Coimbrões tem marcados. De resto, a turma nortenha jogou na jornada passada frente ao Lusitano e perdeu, em casa, por duas bolas a uma. Foi esse resultado que atrasou o clube na luta pelos primeiros lugares, estando agora, a cinco pontos do líder, Leça.

Se olharmos para o percurso do Castro Daire, só derrotas nos jogos feitos. O clube vai para o sexto jogo nesta série, e joga em casa pela quarta vez. A estrear-se este ano no Campeonato de Portugal, o Castro Daire nunca defrontou o Coimbrões. A antevisão deste jogo pode ser feita analisando o trajeto até agora, nesta série. Em cinco jogos, a equipa do concelho de Vila Nova de Gaia ganhou três, empatou um e perdeu outro, o tal jogo frente ao Lusitano.

Há ainda outro detalhe, é que no plantel do Coimbrões está um dos melhores marcadores da série B, neste momento. Chama-se Ivo Lucas e marcou, até agora, quatro golos em cinco partidas. Com registo igual está Braz, do Lusitano de Vildemoinhos.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT