A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Mangualde fragilizado recebe Penalva num confronto entre vizinhos

Edição de 4 de outubro de 2019
05-10-2019
 

A quarta jornada da Divisão de Honra volta a ser marcada por mais um dérbi. O recém promovido Grupo Desportivo de Mangualde, que ainda não somou nenhum ponto, tem pela frente um adversário, o Penalva, que promete dificultar a tarefa.

Ainda na mesma jornada, o Ferreira de Aves que ainda só venceu uma vez e quer estar na luta pelos lugares cimeiros, vai receber o Cinfães, que atualmente ocupa o segundo posto da tabela classificativa. No mesmo dia e à mesma hora, o líder do campeonato, a Desportiva do Satão, vai ter uma deslocação difícil ao campo do Nespereira. Os encontros da quarta jornada da Divisão de Honra são todos jogados às 15h30 de sábado, 5 de outubro.

Mangualde x Penalva

O encontro entre o Mangualde e o Penalva opõe dois clubes com ambições bem distintas e acaba por ser “de extrema importância para o Penalva para que se mantenha perto dos lugares cimeiros”. Quem o afirma é Berito Esteves, comentador desportivo do Jornal do Centro. Também para o Mangualde é importante somar pontos neste jogo, para mostrar “à sua massa adepta que ainda está vivo, que ainda tem uma palavra a dizer neste campeonato”, assume.

Berito garante que o “Penalva vai a Mangualde decidido a ganhar o jogo” e assume que “apesar do atraso que já tem, vai ser uma equipa que irá disputar os lugares cimeiros da tabela classificativa até ao final do campeonato”. “Este é um jogo que leva muita gente ao estádio”, refere.

Nespereira x Satão

Quanto ao encontro que opõe o primeiro classificado do campeonato – o Sátão - a uma das equipas que está a causar furor no arranque da nova temporada – o Nespereira - Berito assume que os forasteiros “vão ter uma deslocação difícil a Nespereira”.

O comentador reconhece que a equipa da casa “faz do seu campo um castelo” e que acaba por criar “sempre muitas dificuldades às que o visitam”. “O Satão sendo primeiro, a ambição mantem-se, manter a liderança do campeonato, mas certamente vai ter muitas dificuldades nesta visita, a menos que torne o jogo fácil logo desde o início”, afirma Berito.

O comentador acredita que se “se mantiver o nulo durante um largo período de tempo, [o Satão] vai ter muitas dificuldades em dar a volta e sair de lá com a vitória”. Para contornar esta adversidade, Berito assume que a equipa visitante tem de marcar “golos no início da partida” para que “que facilite um bocadinho as coisas”, acrescenta.

“O Nespereira está moralizado com os resultados que tem vindo a fazer, ainda não perdeu neste campeonato”, rematou.

Ferreira de Aves x Cinfães

“Apesar de não estarem em primeiro lugar, são duas equipas que ambicionam a subida de divisão”, assume Berito, na antevisão ao encontro que coloca frente a frente as equipas de Ferreira de Aves e Cinfães e que têm a ambição de estar nos lugares cimeiros.

“O Ferreira de Aves tem aqui uma cartada extremamente importante, visto que vem de duas derrotas seguidas e se perder tem pela frente uma tarefa difícil de alcançar”, que é chegar ao topo da tabela.

Na opinião de Berito, este é um dos grandes encontros desta jornada e diz que Rui Almeida, treinador do Ferreira de Aves, “deve estar ansioso que chegue o jogo para começar a encarreirar a equipa no caminho que ele traçou para esta época”.

Quanto ao Cinfães, Berito afirma que o conjunto forasteiro “não quer descolar dos lugares cimeiros”.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT