A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Rali de Mortágua arranca esta sexta-feira com Super Especial noturna

03-05-2019
 

O Rali de Mortágua promete mais uma edição memorável e arranca para a estrada ao final desta sexta-feira (3 de maio) e prossegue sábado (dia 4).

A organização da prova promete “um grande espetáculo desportivo, com novidades e a qualidade a que já nos habitou”.

A prova, organizada pelo Clube Automóvel do Centro (CAC), em conjunto com os municípios de Mortágua e Águeda, conta para o Campeonato de Portugal de Ralis e Campeonato Centro de Ralis. Tem um percurso de 296,82km (quilómetros), dos quais 113,71km são cronometrados ao longo de 12 classificativas.

Cerca de 50 pilotos do Campeonato Portugal de Ralis vão participar numa prova que Luís Santos, presidente do CAC, considera exigente e competitiva. “Estamos à espera de uma prova muito disputada, que irá ter muito público. Fizemos um traçado que pretende privilegiar a segurança e a possibilidade de os concorrentes passarem várias vezes no mesmo local. Estamos à espera de cativar muita gente e de um grande espetáculo”, diz.

Pelo segundo ano consecutivo, Águeda volta a abrir as “hostilidades” com a cidade a receber a caravana às 19h30 desta sexta-feira. Nessa noite realiza-se a “Super Especial Urbana Noturna”, este ano batizada com o nome de António Batista, em homenagem ao antigo navegador falecido recentemente, e que decorre em pleno centro da vila de Mortágua.

Mas a grande novidade deste ano será a realização de duas zonas de provas especiais, no dia 4, em que o público vai estar em “contacto permanente” com os concorrentes que efetuam seis passagens no mesmo local, sem necessidade do público andar de um lado para o outro. Mortágua recebe onze das doze classificativas do Rali, que terá mais três do que na edição do ano passado.

No ano passado (2018), a vitória sorriu ao jovem japonês Arai Haroki (Ford Fiesta R5), que aproveitou a prova do Clube Automóvel do Centro para treinar para o Rali de Portugal. O Campeão Nacional em título, Armindo Araújo foi o segundo mais rápido. Katsuta Takamoto, o outro japonês da Tommi Makinen Racing – também em Ford Fiesta R5 -, encerrou o pódio.

Durante a apresentação da prova o Campeão Nacional em título, Armindo Araújo, sublinhou que a prova “é muito bem organizada” e que as “especiais são fantásticas”.

O presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, destacou a aposta que o município tem feito ao longo dos anos no Rali de Mortágua, e afirmou que a prova promove não só o concelho, mas toda a região, mobilizando milhares de pessoas. Sobre as inovações na prova, elogiou “a organização faz um trabalho notável sem estruturas megalómanas”.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT