A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Segunda Divisão de futsal: novo ano, mas a mesma ambição

Edição de 3 de janeiro de 2020
03-01-2020
 

O ABC de Nelas e o S. Martinho de Mouros dão o pontapé de partida no novo ano fora de portas. As duas equipas da região de Viseu que militam na Segunda Divisão Nacional de futsal jogam este sábado (4 de janeiro) a 11ª jornada do campeonato.

A equipa orientada por Rui Almeida, o ABC, tem deslocação ao reduto do Domus Nostra. Atualmente, a equipa de Nelas ocupa a terceira posição com 19 pontos, menos nove que o líder, Dínamo de Sanjoanense. Já a equipa da casa está no último lugar da Série C, com apenas três pontos, fruto de uma única vitória.

É caso para dizer que o ABC tem a vida mais facilitada nesta jornada, visto que pela frente tem um adversário claramente mais fraco, tal como a classificação indica.

Na antevisão ao jogo, Rui Almeida não olha aos resultados que o Domus tem obtido e prefere dizer que espera “um jogo bastante complicado”. O técnico recorda que o adversário “em casa é uma equipa com altos níveis de agressividade” e que está habituado a jogar com pavilhão cheio, o que para o treinador nelense é um fator que “consegue catapultar jogos muitas vezes para índices de motivação e agressividade muito altos”.

Mas, Rui Almeida olha primeiro para o seu plantel e lembra que parte para este jogo com algumas baixas, “algo que já estamos um bocado habituados”. “Este jogo vai-nos trazer ainda mais uma dificuldade, mas coletivamente vamos ter de as superar. Vamos ter de resolver esses problemas através do coletivo como sempre procurámos fazer”, afirma. ABC de Nelas e Domus Nostra medem forças este sábado, pelas 19h00, em jogo referente à 11ª jornada da Série C da Segunda Divisão de futsal.

Motivação máxima

O S. Martinho de Mouros parte com os níveis de confiança em alta para o encontro deste fim de semana, frente ao Lobitos. A tarefa não é fácil, sendo que pela frente a equipa de Resende, que está na sexta posição com 15 pontos, vai jogar na casa do segundo classificado com 20, o Lobitos Futsal. Renato Costa, treinador do S. Martinho de Mouros, não vira a cara às dificuldades e assume que a equipa de Vagos é “um dos locais mais difíceis para jogar nesta Série C”. Mas garante que vão “convictos de poder fazer um bom jogo”.

“Nós temos vindo a melhorar o nosso desempenho e também os nossos resultados, mas agora é nossa responsabilidade manter esses resultados positivos”, afirmou o técnico na antevisão ao jogo. O S. Martinho de Mouros mede forças com o Lobitos, às 18h30 deste sábado. A partida referente à 11ª jornada da Série C da Segunda Divisão de futsal vai ser disputada em Vagos.





  • 2002 - 2020 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT