A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Costa-marfinense é ponta de lança em Viseu

Edição de 3 de agosto de 2018
08-08-2018
 

Se gosta de futebol e acompanha o Campeonato de Portugal ou os distritais, provavelmente já o viu a jogar ou ouviu o nome dele. Albert Kokora alinha esta nova época no Penalva do Castelo, que milita no terceiro escalão do futebol nacional.

O atleta natural de Abidjan, na Costa do Martim, está em Portugal há seis anos e já vestiu a camisola de vários clubes da região e do país. O primeiro emblema que representou foi o Juventude de Évora. Passado um ano mudou-se para a zona de Viseu. No distrito, já entrou em campo pelo Nespereira, Penalva do Castelo e Ferreira de Aves, onde esteve na última temporada. Também já jogou pelo Salgueiros. “Vim para Portugal para jogar futebol, tentar ganhar dinheiro para ajudar a família e ter uma vida melhor”, diz.

Kokora não esconde que, quando chegou, sentiu algumas dificuldades em adaptar-se porque estava sozinho, não conhecia o país, nem a língua. “Agora já consigo comunicar, já constituí família, vivo com a minha mulher e filha”, conta.

O ponta de lança não tem nada de negativo a apontar a Portugal, garante que “não há nada em concreto que odeie”. A calma de Viseu, cidade onde mora, é o que mais gosta no país que considera “bonito”.

Kokora quer regressar à Costa do Martim para rever os pais e irmãos. Conta ir “de férias algumas vezes”, mas afasta a hipótese de radicar-se de novo no continente africano.





  • 2002 - 2018 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT