A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Cuidados a ter com a visão das crianças?

Edição de 28 de junho de 2019
29-06-2019
 

Por vezes, caímos no descuido de que quando os nossos filhos se aproximam demasiado da televisão ou do tablet/telemóvel, justificamos como sendo um suposto de vício de postura.

As dificuldades e ametropias visuais nas crianças são um facto:

  • 5% a 10% das crianças em idade pré-escolar!
  • 25% das crianças em idade escolar!

As anomalias visuais detetadas numa fase precoce, podem ser travadas e até revertidas.

O desconhecimento e não tratamento podem originar situações irreversíveis e afetar a aprendizagem e concentração, a integração escolar e até mesmo o comportamento da criança.

Exames Visuais Periódicos

Durante o crescimento das crianças os olhos também sofrem alterações. Numa situação preventiva as crianças devem realizar exames visuais periódicos, recomendados nas idades:

  • 6 meses
  • 2 anos
  • 4 anos

Aspetos a ter em conta, no desenvolvimento visual das crianças:

  • A partir dos 3 meses, os movimentos oculares devem ser concordantes e estáveis.
  • Aos 12 meses, deve existir boa atenção visual e coordenação motora.
  • Aos 24 meses, é expetável uma coordenação motora bem desenvolvida e acuidade visual sensivelmente igual à de um adulto.

Sinais a ter em conta, indicadores de anomalias na função visual:

  • Olhos vermelhos
  • Lacrimejo
  • Esfregar os olhos frequentemente
  • Piscar ou franzir os olhos quando está a fixar
  • Inclinar a cabeça quando quer ver melhor
  • Aproximação excessiva da televisão ou dos livros
  • Falta de atenção ou dificuldade de concentração
  • Sonolência

A Herança familiar

Algumas anomalias visuais são um fator hereditário. Quando existem situações específicas de ametropias e doenças visuais na família, deve-se realizar o despiste à criança.

Proteção Solar

O sol em excesso, faz tão mal aos olhos como na pele. Os seus efeitos para a visão são cumulativos, devendo-se diminuir a exposição dos olhos aos raios solares, nomeadamente quando é uma exposição prolongada.

No dia a dia

As crianças e jovens que usam óculos, devem usar diariamente lentes oftálmicas com filtro ultra-violeta (UV).

Para todas as crianças

A utilização de óculos de sol é fundamental, sempre que exista luminosidade e forte exposição aos raios UV.

Pele e olhos

Deve-se estar atento às possíveis dificuldades manifestadas pelas crianças com pele e/ou olhos claros. Tal facto pode indicar maior sensibilidade à luz solar, evidenciando a necessidade de usar óculos de sol com filtro de proteção UV.

Os olhos das crianças são os que mais necessitam de uma correta proteção solar, devido às suas características visuais e ao incompleto desenvolvimento das defesas naturais.

Como vê, foram descritos alguns sinais que o(a) podem orientar para ficar mais alerta.

Uma consulta de oftalmologia ou de optometria poderá posteriormente servir para esclarecer qualquer dúvida!

Tiago Parente, optometrista do Institutoptico de Viseu





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT