A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Regresso à escola

Edição de 6 de setembro de 2019
08-09-2019
 

A mudança das rotinas pode ser difícil e exigir algum esforço. Mesmo quando a mudança é voluntária e sentida como positiva, implica alguns ajustes e um período de adaptação. Mudar de local de residência, mudar de emprego ou regressar ao trabalho depois de um período mais longo de ausência necessitam habitualmente de um período de tempo até nos habituarmos à nova realidade.

Tal como nos adultos, a capacidade de adaptação das crianças à mudança é uma característica individual e, se há crianças que se adaptam à mudança sem aparentes dificuldades, há outras a quem pequenas mudanças geram grande apreensão e sofrimento. Começar a escola ou regressar à escola depois do período de férias do verão é uma mudança considerável, desde logo obrigando a rotinas que provavelmente nas férias não eram tão rigorosas. Volta a ser necessário deitar mais cedo, já não é possível brincar tanto tempo e o uso da tecnologia fica (desejavelmente) mais limitado.

Associado a mais obrigações e tarefas escolares, nem sempre do agrado dos mais pequenos. No entanto, regressar à escola também significa reencontrar amigos ou fazer novos amigos e aprender matérias e brincadeiras. Desta forma, se há crianças que preferiam permanecer de férias, também há bastantes crianças para quem as férias do verão são demasiado longas, que se aborrecem, por não ter o que fazer ou com quem brincar, e que contam os dias que faltam para poder retomar toda a atividade de que sentem saudades no período do verão. Assim, o começo do ano letivo é vivido pelas crianças com diferentes emoções e se para umas pode ser a melhor altura do ano, para outras nem por isso…

Como deve a família ajudar a criança a lidar com esta mudança? Desde logo estando tranquila em relação a essa mudança. Se a criança percebe que os pais estão ansiosos com o recomeço do ano letivo, a probabilidade de também ficar ansiosa é maior e não raras vezes são os pais as pessoas que estão mais preocupadas, sobretudo em começos de ciclo ou mudanças de escola.

Deve haver o cuidado de conotar a escola positivamente, valorizando a sua importância e reforçando todos os aspetos académicos e sociais que em muito vão beneficiar a criança. Os preparativos para a escola, como a compra do material escolar, devem ser feitos calma e alegremente e com a participação da criança, se for possível.

Se é a criança quem vai usufruir do material faz sentido que, dentro do que é razoável, possa ajudar a escolher, levando a um maior compromisso. Se vai haver uma mudança de escola conhecer o espaço previamente ou alguém que já frequenta a escola pode ajudar a uma integração mais fácil.

A transição do “modo de férias” para o “modo de escola” não deve ser abrupta e, por isso, alguns dias antes do início da escola, os horários, nomeadamente de sono, devem começar a aproximar-se daqueles que terão que ser cumpridos durante o período letivo, caso contrário, as crianças correm o risco de começar a escola em privação de sono, com claro prejuízo para a aprendizagem. Mas, se apesar de tudo, com a aproximação do “grande dia” a criança vai ficando mais ansiosa, essa emoção deve ser reconhecida, explicando também à criança que é normal que possa estar a sentir-se mais assustada ou ansiosa, o que frequentemente ocorre quando desconhecemos total ou parcialmente o que vai acontecer.

Podemos então, com informação verdadeira, esclarecer algumas dúvidas e explicar que quando as aulas começarem muitos dos medos se vão resolver, pois eram claramente exagerados face à situação real, pouco ou nada perigosa. Mas para isso é preciso que a criança vá à escola, levando a que a ansiedade se vá esbatendo com o tempo. Daí que, exceto em situações claramente impeditivas, seja tão importante começar a escola em conjunto com os colegas.

E que seja um ano letivo produtivo e com muitos sucessos!

Dra. Filipa Sousa, pedopsiquiatra no Hospital CUF Viseu





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT