A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Repensar atitudes para renovar a esperança numa vida saudável

Edição de 1 de fevereiro de 2019
04-02-2019
 

Neste início de ano, e depois de uns breves momentos de pausa, o rodopio recomeça. Depois de festas, por certo alegres, chegou a hora de refletir sobre o que fazer para guardar mais uns cêntimos não só porque as próximas férias não tardarão em chegar, mas para as despesas correntes do dia a dia.

Enfim, o eterno retorno à normalidade. Entretanto, generosa, como uma mãe que nos ama, preza e cuida, a Natureza continua dando a cada um de nós o sustento e tudo quanto precisamos para realização dos nossos sonhos e objetivos. Porém, em troca, e sem nos apercebermos da nossa ingratidão, o que ela recebe é lixo atrás de mais lixo, poluição atrás de poluição.

Ora, e já Lavoisier o dizia, “na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. E se nada se cria e tudo se transforma, o lixo que se produz, a poluição que se gera retorna a casa, seja no prato, servido disfarçadamente à refeição, através dos alimentos contaminados, com metais pesados, por exemplo, que inadvertidamente se atiram para os solos.

E a bebida, bem essencial para nos mantermos vivos, não fossemos nós constituídos por 60% de água, é extraída de recursos hídricos para onde se lançam descargas ilegais repletas de poluentes perigosos e para onde se lança facilmente o que já não queremos, como um simples saco de plástico.

E deste modo se prepara o cocktail de tudo o que lançamos sem cuidado para fora de casa e regressa para gentilmente para nos ser servido à mesa. Será isso realmente o que pretendemos? Estaremos conscientes das consequências dos atos irrefletidos, atos cujas consequências estão à vista de todos e são causadores de doenças? É urgente mudar, e neste tempo de reflexão, o Ser humano pode optar por reduzir a poluição que gera. Como? Praticando a política dos 5R´s:

  • Reduzindo a quantidade de resíduos;
  • Reutilizando os resíduos dando uma nova utilidade;
  • Recuperando os equipamentos/objetos;
  • Renovando, colocando em prática a criatividade;
  • Reciclando os resíduos, como por exemplo os restos de comida fazendo compostagem.

Praticando a compostagem obtém-se adubo para aplicar no jardim, em vasos, enfim onde houver plantas. Deve renovar os votos de uma vida saudável.

Elisabete Silva, docente do departamento de ambiente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT