A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Aguiar da Beira: Laboratório de línguas para promover sucesso escolar

Edição de 21 de dezembro de 2018
23-12-2018
 

É mais uma ferramenta ou uma ajuda para promover o sucesso educativo dos alunos. No Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca, em Aguiar da Beira, foi inaugurado um Laboratório de Línguas. O projeto surge integrado no programa Comunicarte 3D da Câmara Municipal e que foi financiado por fundos comunitários, tendo em vista um melhor aproveitamento escolar das crianças e jovens.

O Laboratório de Línguas é uma das três ferramentas implementadas no âmbito destes projeto. É um espaço físico na escola, onde os professores desenvolvem as atividades de comunicação oral (Inglês, Francês e Português, língua não materna), com recurso a novas tecnologias de aprendizagem e de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

“Com esta sala os alunos podem desenvolver e aprofundar de acordo com metodologias inovadoras o conhecimento no âmbito das línguas estrangeiras”, explica a diretora do Agrupamento de Escolas de Aguiar da Beira.

Segundo Elisabete Bárbara, todos os estudantes de línguas estão abrangidos. “Os professores que assim o entenderem podem requisitar o laboratório e trabalhar com os seus alunos em função daquilo que pretendem e utilizando os recursos disponíveis”, sublinha.

A valência abriu portas há uma semana, no final do primeiro período. Na sala, a autarquia local “já investiu perto de 20 mil euros”, uma verba que foi gasta em “equipamentos informáticos e software específico”.

Música e orientação também ajudam

O Comunicarte 3D inclui também o ensino artístico especializado em música, sendo esta mais uma ferramenta “de promoção do sucesso escolar e aposta estratégica deste município”. Desde o arranque do ano letivo que 18 alunos do 5º ano de escolaridade frequentam o chamado ensino articulado, na vertente musical. Alguns estudantes mostraram já aquilo que aprenderam no Exposalão, em Sernancelhe, no Concerto de Natal organizado pelo Conservatório de Música de Ferreirim, que é parceiro do projeto.

A orientação, modalidade que tornou conhecido o município Aguiar da Beira, é outra aposta neste programa que pretende promover o sucesso escolar. Desde que arrancou o Comunicarte 3D já foram promovidas algumas provas da disciplina no concelho.

“Está tudo a funcionar muito bem”, vinca a diretora, acrescentando que estes projetos “têm uma influência positiva na formação” dos estudantes, ainda que isso nem sempre seja “mensurável através das notas”. “Há outro tipo de capacidades e competências que eles vão adquirindo com todas estas valências que podem não se refletir de forma direta nas notas. Os alunos podem desenvolver outro tipo de capacidades e competências, nomeadamente ao nível pessoal, interpessoal, artístico, motor, etc.”, sustenta Elisabete Bárbara.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT