A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Cinfães implementa programa "Aldeias Seguras, Pessoas Seguras"

Edição de 9 de agosto de 2019
11-08-2019
 

O concelho de Cinfães está a implementar o programa “Aldeias Seguras, Pessoas Seguras” em vinte localidades, consideradas de risco.

O serviço de proteção civil do município de Cinfães, em parceria com as corporações de Bombeiros de Cinfães e Nespereira e com as Juntas de Freguesia e GNR, está a sinalizar os caminhos de evacuação nos aglomerados populacionais e a fazer ações de sensibilização junto da população para a adoção de práticas que minimizem o risco de incêndio.

A implementação deste programa contempla ainda a distribuição de kits de autoproteção. Os oficiais de segurança em cada aldeia também já foram destacados, tendo como missão transmitir avisos à população e organizar a evacuação do aglomerado, em caso de necessidade.

Para Armando Mourisco, presidente da autarquia, esta iniciativa é fundamental para evitar incêndios. “A nossa prioridade é que as pessoas estejam seguras” e, acrescenta ainda, que “cada aldeia terá um oficial, que será o elo de ligação entre a aldeia e o ponto de segurança, será ele a dar o alerta, a encaminhar e a receber as pessoas no caso de haver um incêndio perto da aldeia e, por isso, foi escolhido um local, onde as pessoas estejam seguras. É um trabalho de articulação muito próximo entre o município e a proteção civil, a GNR e os habitantes das aldeias”, conclui Armando Mourisco.

No concelho de Cinfães as aldeias abrangidas são: Contença e Sanguinhedo; Cádis; Marcelim; Pimeirô, Chã e Vila Boa de Baixo; Sabroso, Ramires, Vale de Papas e Verdozedo; Galos, Paradela e Aziboso; Devesa, Arrujo, Barracões; Gojo; Oliveira e Vilela e, na freguesia de Santiago de Piães.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT