A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Misericórdia de Lamego quer dignificar os 500 anos de história

Edição de 4 de janeiro de 2019
05-01-2019
 

A Santa Casa da Misericórdia de Lamego entra em 2019 a comemorar 500 anos. Uma data “histórica”, assinala o provedor Marques Luís, e que vai ser comemorada ao longo do ano com atividades que a dignificam. “Não há muitas misericórdias no país com tantos anos de atividade e esta é a mais antiga instituição e uma das maiores entidades empregadoras do concelho”, refere.

E, como desejo de ano novo e de aniversário, Marques Luís tem dois objetivos que gostaria de ver cumpridos. O primeiro é a conclusão da requalificação do lar de idosos; o segunda é uma “maior atenção” por parte do Estado para as misericórdias. Segundo o provedor, o aumento do salário mínimo vai agravar a situação destas instituições que não assistem, ao mesmo tempo, a um aumento nos acordos que têm com a Segurança Social. “Esperemos também que haja um alargamento de novos acordos”, pediu.

Para 2019, Marques Luís aguarda um “ano em cheio”. “Vamos, certamente, dignificar a nossa história”, refere, assinalando que os 500 anos já começaram a ser comemorados como um concerto com o Coro da Misericórdia no Teatro Ribeiro Conceição e que “esgotou a sala”.

“Outro momento importante vai acontecer com a exposição no Museu de Lamego sobre a nossa história. Uma narrativa do que foi o impacto social desta instituição no concelho ao longo dos séculos”, anuncia o provedor.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT