A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Saldo positivo reforça solidez financeira da Câmara de Mortágua

Edição de 3 de maio de 2019
05-05-2019
 

As contas da Câmara Municipal de Mortágua fecharam o ano de 2018 com um resultado positivo de 3,2 milhões de euros, valor que transita para o Orçamento deste ano, “reforçando a sua capacidade de investimento”, anunciou o município.

Segundo o presidente da Câmara de Mortágua, Júlio Norte, a receita só não foi maior “porque há verbas a receber do Portugal 2020 (projetos-cofinanciados pelo FEDER), na ordem de 1,3 milhões de euros, que ainda não foram transferidas para o município, o que explica a diminuição das receitas de capital em relação a 2017”.

O presidente realçou também que a autarquia “não teve necessidade de recorrer a empréstimos e ainda amortizou cerca de 400 mil euros, o que permite possuir neste momento uma margem de endividamento absoluta na ordem dos 10 milhões de euros”. “Os indicadores são de facto muito positivos” depois de um ano muito difícil, como foi o de 2017, “com os incêndios e as consequências económicas e sociais daí resultantes e que levaram a redefinir prioridades e investimentos, no sentido de acautelar em primeiro lugar a situação das pessoas e das empresas afetadas”, refere o autarca.

Contas do executivo social-democrata que não convencem os vereadores do PS que se abstiveram. Entre outros argumentos realçam uma taxa de execução do Plano de Investimentos “de apenas 32%, muito pouco para quem tanto promete e muito pouco cumpre”, destacou o vereador socialista, Ricardo Pardal.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT