A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Tasquinhas mostram a alma e a tradição gastronómica em Mortágua

Edição de 9 de agosto de 2019
11-08-2019
 

A Festa das “Tasquinhas” decorre de 13 a 17 de agosto, naquele que é um evento festivo e tradicional muito aguardado pela comunidade e diáspora mortaguense. Promovida pelo Município, em colaboração com as associações locais (32), o evento marca o ritmo da vida dos mortaguenses nestes dias em que o concelho tem um aumento exponencial da população residente com o regresso dos emigrantes.

As “Tasquinhas” são, assim, o ponto de encontro e reencontro de familiares e amigos, não só mortaguenses, mas também de milhares de visitantes que demandam às festas, atraídos pela gastronomia e a diversidade de espetáculos.

A gastronomia é o epílogo para reunir todos à mesa e saborear a boa cozinha tradicional, entre dois dedos de conversa. Os concertos de palco na Praça do Município são outro dos pontos fortes do programa, com um cartaz de artistas, bandas e grupos de vários estilos que promete atrair multidões. O artesanato, as artes e o desporto, completam o programa.

Nove concertos

Os concertos, com a atuação de nomes de artistas nacionais é outro dos grandes atrativos para visitar Mortágua durante esta semana festiva. A edição deste ano será marcada pelo regresso da banda Xutos e Pontapés a Mortágua, 14 anos depois da última atuação, também na Festa da Juventude. A banda de Tim e companhia vai subir ao palco a 15 de agosto.

O cartaz conta com outros nomes fortes que prometem agradar a um público vasto e heterogéneo, como Calema (dia 13), Quatro e Meia (dia 14), José Cid (dia 16) e Blaya (dia 17).

Todas as noites haverá atuação de artistas ou bandas locais. Sobem ao palco pelas 22h00, antes dos concertos principais. No final, a animação segue no espaço das “tasquinhas” com a atuação de dj's locais.

As manifestações artísticas e culturais voltam a ter expressão nas festas, com a realização do ManifestArt, na sua quarta edição. Vários espaços localizados na proximidade do recinto das festas acolhem mostras de trabalhos de diversas áreas artísticas: Paula Rocha (Pintura), Andy Manson (construção de guitarras), Debbie Manson (Olaria), Marta Fernandes (Artes Plásticas), Escola de Pintura, Academia Saber+ (Artes Decorativas).

Todos os dias, a partir das 19h00, haverá diferentes performances nos espaços ManifestArt, desde música, ballet, poesia.

Mostra de artesanato e folclore

A Festa da Juventude/Feira das Associações integra a 6.ª edição da Mostra de Artesanato, com exposição/venda de artesanato tradicional e moderno. A Mostra estará patente no espaço da Casa Lobo.

No último dia das festas, pelas 21h00, realiza-se a XXVIII Gala Internacional de Folclore, organizada pelo Rancho Folclórico e Etnográfico de Vale de Açores. Contará com a presença do Ballet Tradicional Kilandukilo – Angola, e Grupo Folklórico Virgen de Sopetrán de Jarandilla de La Vera – Espanha, além de quatro grupos representativos das danças e cantares de várias regiões do país.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT