A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Município de Nelas candidata-se a 1,3 milhões de euros para reparar estradas queimadas

Edição de 19 de abril de 2019
19-04-2019
 

A Câmara Municipal de Nelas candidatou-se ao Fundo de Solidariedade Europeia para receber fundos, na ordem dos 1,3 milhões de euros, para reparar estradas danificadas pelos incêndios de outubro de 2017.

O vereador do CDS, Manuel Marques, acusa o presidente do município de “burlar” a União Europeia. Ao Jornal do Centro, o presidente da Câmara de Nelas, Borges da Silva, confirma a aprovação desta candidatura para financiar “os danos ocorridos em infraestruturas municipais do concelho reportados logo nos meses imediatos aos incêndios de outubro e validados em janeiro de 2018, quer em análise, quer em deslocação ao Município de Nelas, por técnicos da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), que confirmaram a sua admissibilidade por ofício rececionado a 16 de fevereiro de 2018”.

Já o vereador do CDS-PP acusa o presidente, Borges da Silva, de “estar a cometer uma fraude, ao burlar a União Europeia ao apoiar-se numa mentira para justificar uma candidatura de 1,3 milhões de euros para financiar a reparação de estradas que nunca arderam”.

Face a este ato, que o vereador do CDS considera ser “uma grossa mentira” revelou ter já entregue uma queixa à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Manuel Marques garante que “em Nelas não ardeu um único centímetro de alcatrão durante os incêndios de outubro de 2017”.

“As estradas que o presidente da Câmara pretende candidatar, já estavam em adiantado estado de degradação e esburacadas, em 2016”, sustentou.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT