A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Nelas: vereadora socialista renuncia a mandato e assume assessoria na saúde

Edição de 17 de maio de 2019
17-05-2019
 

A antiga vereadora na Câmara Municipal de Nelas, Sofia Relvas, renunciou ao mandato. Estava a cumprir o sexto ano como eleita nas listas do Partido Socialista de que é militante.

Em setembro do ano passado já tinha deixado a vereação a tempo inteiro, mas continuou a marcar presença nas reuniões do executivo, quando assumiu o cargo de diretora geral da AIRV – Associação Industrial da Região de Viseu. Uma decisão que não foi do agrado do presidente da Câmara de Nelas, Borges da Silva. Para surpresa de muitos, Sofia Relvas, meio ano depois, trocu a associação empresarial por um lugar de assessora na Casa de Saúde São Mateus em Viseu. Com o assumir deste novo desafio profissional, a antiga vereadora acaba de renunciar ao mandato, abandonando o cargo de vereador para o qual tinha sido reeleita nas últimas eleições autárquicas.

Para o lugar de vereadora do PS foi chamado o elemento que se seguia na lista socialista, Mafalda Lopes, professora do Agrupamento de Escolas de Nelas, na Área das Ciências e Biologia.

Mafalda Lopes, militante socialista, também está em rota de colisão com Borges da Silva. Em outubro do ano passado demitiu-se da Comissão Política Concelhia do PS de Nelas, quando o presidente da Câmara escolheu para chefe de gabinete Luís Pinheiro, presidente do Movimento de Restauração do Concelho de Canas de Senhorim, antigo presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim e ex-militante do PSD.

A nova vereadora do PS diz que foi apanhada de surpresa com a saída de Sofia Relvas. “Assumi as funções de vereadora em não permanência contrariada, mas respeitando a lei. É uma situação que ainda não digeri”, realçou. A socialista está a ponderar sobre o que vai decidir dentro das possibilidades previstas na lei: suspensão do cargo, renúncia ou manter-se até ao final do mandato, “por respeito aos eleitores que me elegeram na lista antes de acontecer todos estes casos políticos, que me causaram desagrado”. Até espera reunir com os responsáveis da Comissão Política Concelhia de Nelas para analisar toda esta situação, “que me é bastante incómoda, do ponto de vista político”, disse Mafalda Lopes.

Questionado pelo Jornal do Centro sobre a renuncia ao mandato de Sofia Relvas, Borges da Silva esclareceu apenas que “nos termos da lei é substituída pelo candidato a seguir na ordem da lista que era a Sra. Dra. Mafalda Lopes, que convocada aceitou, como era seu direito, para exercer o cargo de vereadora, o que fará sem pelouros e em não permanência”.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT