A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Contas da Câmara de Penalva do Castelo aprovadas por maioria

Edição de 3 de maio de 2019
05-05-2019
 

O executivo da Câmara de Penalva do Castelo aprovou as contas do município relativas ao ano de 2018.

O presidente da autarquia, Francisco Carvalho, explica que as contas se traduzem em “resultados bastante positivos com um reforço da consolidação do rigor financeiro” em consequência “da boa gestão dos últimos anos”.

O autarca destaca, ainda, a redução da dívida bancária em mais de 221 mil euros, o que corresponde a 12,5 por cento da dívida. Passivo a curto e médio prazo que ronda um milhão e 300 mil euros. Desde 2013, altura em que o executivo socialista foi eleito, a “divida diminuiu um milhão e 700 mil euros”. Francisco Carvalho refere que se o município decidisse liquidar todo o passivo “de uma só vez tinha condições para o fazer” e ainda sobrava mais de um milhão e meio de euros. Uma medida que não é para concretizar porque, como diz o presidente, “não nos podemos descapitalizar e temos de ter um reforço de tesouraria”.

Apesar de uma das preocupações do executivo penalvense passar por diminuir o valor da divida à banca, o investimento no concelho não tem sido “posto de lado”. O presidente da Câmara fala em cerca de seis milhões de euros de obras em andamento. As contas de 2018 foram aprovadas pelo executivo camarário com a abstenção do vereador eleito pela coligação PSD - CDS/PP - PPM.

Gabriel Costa explicou ao Jornal do Centro que se absteve porque, na altura da votação do orçamento para o mesmo ano, também optou pela abstenção. “Não fazia sentido que para o orçamento votasse de uma maneira e aprovasse as contas com uma votação diferente”, refere.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT