A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Penalva do Castelo: reservatório em inox para melhorar água de fontanário

Edição de 9 de agosto de 2019
11-08-2019
 

Para acabar com a má qualidade da água do fontanário público de Esmolfe, a autarquia de Penalva do Castelo procedeu à compra de um reservatório em inox para substituir o antigo construído em cimento. As diversas análises que o município realiza apontam para problemas na água, sendo que a origem da contaminação “está no depósito”.

“O problema é que a água sai potável da nascente mas quando sai do reservatório está imprópria para consumo”, explica o presidente da Câmara acrescentando que a única solução é desviar a água do antigo reservatório para o de inox, com capacidade para cerca de três mil litros. Francisco Carvalho refere que apesar das limpezas “constantemente” feitas ao antigo reservatório, a autarquia não tem conseguido debelar o problema. Com a compra do reservatório em inox, a autarquia de Penalva do Castelo pretende continuar a dar vida a um dos muitos fontanários públicos existentes no concelho, onde a população ainda recorre.

Segundo o presidente da Câmara, o fontanário de Esmolfe é muito procurado pela população do concelho porque se trata de água proveniente de uma nascente e que segundo dizem “é de boa qualidade”.

“Muitas pessoas vão àquele fontanário encher os garrafões, dez ou mais de cada vez, e assim não precisam comprar água engarrafada”, refere.

O fontanário de Esmolfe fica localizado no centro da aldeia, próximo ao jardim infantil. “Cada vez mais de vêm fontes, nas aldeias, com água não controlada ou imprópria para consumo e até mesmo encerrados”, conta o autarca. O reservatório em inox custou cerca de nove mil euros, sendo que esse valor é dividido pela Câmara Municipal e respetiva Junta de Freguesia.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT