A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Sede da Filarmónica Lealdade Pinheirense em obras

Edição de 14 de junho de 2019
16-06-2019
 

Estão já em curso as obras de remodelação da sede da Sociedade Filarmónica Lealdade Pinheirense cujo financiamento vai ser assegurado em 50 por cento pela Câmara Municipal de Santa Comba Dão. A proposta de apoio financeiro avançada pelo município é de 40 mil euros e foi aprovada por unanimidade em reunião de câmara.

Quanto à outra metade da verba, ou seja, os restantes 40 mil euros, o presidente desta instituição, José António Pinto, revelou que será assegurada através de fundos próprios e, ainda, graças à ajuda do Fundo Solidário do Programa “Recomeçar” da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa.

Sobre o valor disponibilizado pela autarquia de Santa Comba Dão, o presidente da Câmara informou que “será pago por tranches, durante cinco anos, com transferências mensais (fixas) ao abrigo de um contrato-programa” criado para o efeito pelo próprio município.

Sobre a Sociedade Filarmónica Lealdade Pinheirense, o presidente do Município de Santa Comba Dão admite que há vários anos que “tem vindo a confrontar-me com as imensas dificuldades financeiras, tendo agora, por escrito, formulado um pedido de apoio financeiro para a realização de obras na sua sede, sendo do conhecimento de todos a necessidade absoluta de requalificação da sala de espetáculos que tem colocado em causa a realização de concertos e outras atividades culturais de interesse público e de toda a comunidade local”.

Já o presidente da Sociedade Filarmónica Lealdade Pinheirense mostrou-se grato pelo apoio financeiro, “pois era absolutamente necessário e urgente uma intervenção de fundo no interior do edifício, por ser muito antigo e se encontrar com sinais evidentes de desgaste e de alguma degradação que era preciso estancar e revitalizar todo o espaço, dontando-o de melhores condições e dignidade para receber os sócios, os elementos da banda filarmónica para os ensaios e concertos, entre outros espetáculos, no auditório principal, bem como renovar as casas de banho, o bar e restantes anexos de apoio para continuar a realizar eventos públ icos como for ma de responder às necessidades da população local”.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT