A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Desconhecidos fazem descarga com restos de fruta na ETAR da Adiça

Edição de 15 de fevereiro de 2019
17-02-2019
 

O Serviço Especial de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR foi chamado à Adiça, em Tondela, por causa de uma descarga ilegal junto ao coletor da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR). Tratou-se de uma descarga de resíduos que aparentavam ser sementes e grainhas de diferentes frutas e que provocaram uma obstrução na entrada da ETAR.

O Município de Tondela aponta o dedo “a desconhecidos” por uma ação que foi feita durante a noite e que poderia ter sido “crítica” caso não tivesse sido detetado nas primeiras horas de 9 de fevereiro.

Ainda segundo a autarquia, este atentado ambiental se não tivesse sido detetado atempadamente “certamente que poderia ter originado uma situação bastante crítica, já que todo o efluente deixaria de ser conduzido para o sistema de tratamento”.

“Quem procedeu com este intuito, certamente, não ignorava as consequências que este ato poderia ter para afetar e boicotar o funcionamento do sistema de tratamento e, consequentemente, para a imagem pública do Município de Tondela. Espera-se que sejam responsabilizados os infratores”, avisou o município em comunicado.

A descarga foi descoberta pelo próprio presidente da autarquia que, ao passar no local, detetou os resíduos no coletor e solicitou a presença da GNR que está a investigar o caso.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT