A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Vila Nova de Paiva: Um ano depois, ainda há dúvidas no pagamento de despesas de deslocação a vereador

Edição de 9 de novembro de 2018
12-11-2018
 

O vereador na Câmara de Vila Nova de Paiva, Manuel Custódio, ainda continua sem receber as despesas de deslocação, um ano depois de ter sido eleito pela coligação PSD/CDS.

O vereador alterou a sua morada para Lisboa e pretende receber a deslocação sempre que tenha de ir às reuniões do executivo. Uma verba que o presidente da autarquia, o socialista José Morgado, tem dúvidas que lhe sejam devidas.

O caso já chegou à Procuradoria da República e o Jornal do Centro soube que os intervenientes estão a ser ouvidos em inquérito preliminar.

Contactado, José Morgado voltou a referir que enquanto subsistirem as dúvidas, as despesas não vão ser pagas. Em maio deste ano, o autarca, que já tinha recebido um parecer por parte da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, disse ainda ter dúvidas sobre a interpretação da lei. “Falam em domicílio voluntário e efetivo, sendo que o primeiro é o escolhido e o segundo onde temos a nossa vida económica e social. Tenho dúvidas porque ele [Manuel Custódio] pede para mandar os elementos para Queiriga (Vila Nova de Paiva), para casa dos pais, e fiscalmente alterou a morada para a morada de uma filha de Lisboa”, disse, na altura.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT