A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Instituto Piaget abre escola profissional e clínica

Edição de 7 de junho de 2019
08-06-2019
 

Foi em 1996 que surgiu em Viseu, o Instituto Piaget. Atualmente, conta com a Escola Superior de Saúde e com o Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares. Prepara-se agora para dois novos projetos. Uma clínica e uma escola profissional.

“O Instituto entendeu que devido ao espaço que dispomos, tínhamos excelentes condições para fazer avançar outros projetos na área da formação”, conta Françoise Cruz, responsável pelo projeto.

É a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões que distribui a oferta formativa da região a nível do profissional e, por essa razão, foi em conjunto com a mesma que o Instituto Piaget escolheu as áreas que integrarão a escola profissional. Serão elas Apoio Familiar e Apoio à Comunidade, Controlo de Qualidade Alimentar e Proteção Civil. “O ensino profissional está em pleno desenvolvimento e tentámos apostar nestas áreas que não existiam, não era oferta aqui na região” explica Françoise Cruz. No entanto, acrescenta: “percebi que estamos em séria concorrência com as escolas profissionais de Viseu”.

O curso de Controlo de Qualidade Alimentar vai preparar os alunos para inter vir junto a empresas agroalimentares, essencialmente, empresas de restauração. A aposta baseou-se em dois fatores, como explica a responsável pelo projeto escolar. “Sabemos que é uma área de grande relevância aqui na região”, defende Françoise Cruz. O segundo fator prende-se com a existência de instalações completas e bem equipadas no campus do Instituto Piaget, pelo facto de terem a funcionar um curso de Ciências da Nutrição.

Proteção Civil é outro dos cursos que estará disponível na Escola Profissional Jean Piaget. A responsável pelo projeto conta que com a problemática dos incêndios florestais e com as catástrofes dos anos anteriores, a área tornou-se de extrema relevância na região de Viseu Dão Lafões. “Quando existem estas situações, é necessário ter uma equipa de profissionais preparados. A região precisa muito disso”, defende Françoise Cruz.

O terceiro curso em que estão a apostar é o Apoio Familiar e Apoio à Comunidade. “Uma área de emprego praticamente garantido”, afirma a responsável. Françoise Cruz confessa que não pode assegurar se se tratará de um projeto de acesso ao ensino superior ou não, “dada a diminuição do número de alunos nas escolas”.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT