A OUVIR 98.8 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
 
        

Academia Real das Ciências da Suécia distingue António Leitão Amaro

Edição de 1 de dezembro de 2017

05-12-2017
 

A Academia Sueca vai distinguir o cabeça de lista do PSD por Viseu com um novo Prémio Nobel, o da Biologia. Este prémio surge após o deputado ter feito a revelação fantástica, em debate na SIC com Mariana Mortágua, que o governo de Passos Coelho "proibiu a Legionella". Esta forma de controlar contaminações microbianas através da proibição representa uma revolução, inimaginável até agora.

Ao T&T, o deputado viseense revelou: "esta descoberta científica resultou de um trabalho de investigação em que tive o apoio de Miguel Relvas. Não ficámos de braços cruzados, já estamos a trabalhar na cura do cancro". O deputado viseense Leitão Amaro e Miguel Relvas já foram convidados pela OMS para, através da nova metodologia da proibição, eliminarem outros problemas sanitários que afetam a humanidade como a cólera e a malária.

Miguel Relvas irá, com esta descoberta e através de equivalências, receber o doutoramento em biologia pela Universidade Lusófona.





  • 2002 - 2017 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT