Geral

15 de 03 de 2023, 17:26

Diário

Márcio Teles é o novo comandante dos Bombeiros Voluntários de Mangualde

Novo comandante está na corporação há 23 anos. Cerimónia de tomada de posse acontece a 2 de abril. Antes disso, no próximo dia 25, os Bombeiros Voluntários de Mangualde recebem a presença do ministro da Administração Interna que irá inaugurar o Centro de Coordenação Operacional Municipal

Fotógrafo: Bombeiros Voluntários de Mangualde

Márcio Teles é o novo comandante dos Bombeiros Voluntários de Mangualde. Com a saída de Carlos Carvalho, o até então segundo comandante assume agora novas funções. A cerimónia de tomada de posse acontece a 2 de abril, no quartel.

Márcio Teles chegou aos Voluntários de Mangualde há 23 anos. Em 2012 assumiu funções de adjunto do comando e 10 anos depois foi nomeado 2º comandante, no próximo mês assume o cargo de comando da corporação que é composta por 70 elementos.

Carlos Carvalho estava a comandar os Voluntários de Mangualde há 20 anos e no início do mês terminou a comissão de serviço (ciclos de cinco anos) e decidiu deixar as funções.

“Carlos Carvalho terminou a comissão de serviço a 7 de março e comunicou-nos a vontade em deixar o comando do corpo de bombeiros. A direção recebeu este pedido e aceitou esta vontade. Depois desta decisão, o comandante pediu a transição para o quadro de honra, o que também foi prontamente aceite”, disse ao Jornal do Centro João Soares, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde (AHBVM).

A nomeação de Márcio Teles surge “com a consciência de que é a melhor solução e que é a pessoa indicada para este novo ciclo”. “O Márcio é um homem a quem reconhecemos capacidades e qualidades para ser o nosso novo comandante e tem a nossa confiança”, salientou João Soares.

Atualmente, integram a corporação sete dezenas de operacionais, sendo que 35 são funcionários. Os Voluntários de Mangualde têm duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP), estando para breve a entrada em funcionamento da terceira equipa.

“Foi já aprovada a criação de uma nova EIP que entrará em funções logo que estejam garantidos os recursos humanos necessários”, explicou o presidente da AHBVM.

Questionado sobre os desafios e dificuldades da corporação, João Soares afirma que são “transversais aos vários corpos de bombeiros no país”, nomeadamente a retenção e angariação de voluntários.

"As dificuldades no voluntariado e associativismo é transversal. Ainda assim, vamos tentando ultrapassar esta situação e, apesar das dificuldades dos corpos de bombeiros, estamos confiantes no futuro e que o nosso corpo de bombeiros vai continuar a dar o seu melhor na defesa das pessoas e dos bens com empenho, trabalho, sacrifício e dedicação. E estou certo que tudo isto vai continuar a acontecer com o nosso novo comandante”, finalizou.

Ministro da Administração Interna em Mangualde
No próximo dia 25 de março, o ministro da Administração Interna vai estar em Mangualde, mais concretamente no quartel dos Bombeiros Voluntários para inaugurar o Centro de Coordenação Operacional Municipal, que passa a estar instalado no quartel. José Luís Carneiro irá ainda visitar a base de apoio logístico e a unidade local de formação da corporação.

Nesse dia estará ainda a decorrer uma exposição estática dos meios da Proteção Civil.