Geral

28 de 05 de 2023, 09:00

Lifestyle

Vinho tinto da Casa da Ínsua ganha medalha de ouro na Croácia

Vinho Casa da Ínsua Reserva 2017 destacou-se no 30.º Concurso Mundial de Bruxelas, um dos principais concursos mundiais de vinhos que decorreu em Porec, na Croácia. O júri avaliou 7.500 vinhos de milhares de produtores de todo o mundo

O vinho tinto Casa da Ínsua Reserva 2017 conquistou mais uma medalha de ouro no 30.º Concurso Mundial de Bruxelas, um dos principais concursos mundiais de vinhos que decorreu em Porec, na Croácia, em que o júri avaliou 7.500 vinhos de milhares de produtores de todo o mundo.

Este vinho, produzido com base nas castas Touriga-Nacional, Tinta-Roriz e Alfrocheiro, soma este a outros prémios conquistados recentemente como a medalha de ouro no prestigiado Catavinum World Wine & Spirits Competition, na cidade espanhola de Vitoria-Gasteiz, e a Tambuladeira de Ouro no Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola.

Segundo a Casa da Ínsua, o vinho do Dão apresenta “uma complexidade aromática em harmonia com a barrica, notas frutadas e especiarias”. “No tocante ao sabor, sobressaem os taninos poderosos e tem um final de boca longo e persistente. É um vinho indicado para acompanhar pratos complexos”, descreve a casa de Penalva do Castelo.

O diretor da produção agrícola, José Matias, fala de “um vinho de exceção, mais um dos que produzimos há muitos anos na Casa da Ínsua”.

“Um vinho que é galardoado desta forma no país e no estrangeiro só pode mesmo ser de elevada qualidade. Degustado e avaliado em prova cega por um experimentado e reconhecido painel de provadores de vários países, o nosso vinho voltou a passar com distinção nesse apertado crivo seletivo”, disse.