20 Set
Viseu

Região

A “caminhada” de ovelhas e cabras da Estrela ao Montemuro

por Redação

30 de Maio de 2020, 08:30

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

É com a transumância que Castro Daire entra no concurso das sete maravilhas da cultura popular. O evento recria a tradição que fazia cabras e ovelhas saírem da Serra da Estrela rumo à Serra do Montemuro. Entra diretamente na categoria de Rituais e Costumes

Hoje são 600 cabeças de gado. Noutros tempos foram quase duas mil. “Lá vem o rebanho! Lá vem o rebanho!” era a expressão que mais se ouvia entre o dia de S. João, a 24 de junho e o dia de S. Pedro, a 29. Nem só de Castro Daire seguiam ovelhas e cabras rumo à Serra do Montemuro. Foi em 1999 que aconteceu a última rota da transumância. Esta tradição prevê a deslocação de rebanhos para sítios que oferecem melhores condições de pasto durante uma parte do ano. Era precisamente em busca de comida para os seus animais que os pastores faziam deslocar o seu gado para um local diferente. O percurso de vários quilómetros era feito em festa.

 

.

Conta-se que os pastores eram recebidos com pão e vinho e que se enfeitavam os animais com fitas e pompons. Hoje, a recriação continua a fazer-se com música, muita música, gastronomia, num ambiente que, quem assiste, descreve como único. Num tempo em que o mundo rural sofre de abandono, este é um evento turisticamente apreciado. A primeira etapa decorre entre Castro Daire e a aldeia de Vilar.

.

Conta-se que os pastores eram recebidos com pão e vinho e que se enfeitavam os animais com fitas e pompons. Hoje, a recriação continua a fazer-se com música, muita música, gastronomia, num ambiente que, quem assiste, descreve como único. Num tempo em que o mundo rural sofre de abandono, este é um evento turisticamente apreciado. A primeira etapa decorre entre Castro Daire e a aldeia de Vilar.

.

A rota inclui ainda passagem por Campo Benfeito. O evento que antes se fazia em busca de pasto, nos nossos dias procura dar vida à ruralidade. A última verdadeira “rota da transumância” levou cerca de 800 cabeças de gado da Estrela ao Montemuro. Castro Daire vem agora lembrá-lo com a candidatura às sete maravilhas da cultura popular.

 

Maravilhas da Cultura Popular do distrito:

Total: 39

Concelhos envolvidos: 15

Concelho de Lamego:

  • Festa Senhora dos Remédios;

Concelho de S. João da Pesqueira:

  • Romaria a S. Salvador do Mundo;

Concelho de Resende:

  • Aqui (também) nasceu Portugal

  • Chula de Paus

  • Festival da Cereja

  • Quadrilha de Cárquere

  • Quarto domingo de Cárquere

Concelho de Moimenta da Beira:

  • Capuchas de Burel;

  • Caturnos (meias de lã de Alvite)

  • Penedo da Fonte Santa

  • S. Torcato (Cabaços)

Concelho de Sernancelhe:

  • Lenda de N. Sra da Lapa;

  • Tradição da Passagem na Quelha da Senhora da Lapa;

  • Procissão das Cruzes da Lapa;

Concelho de Tabuaço:

  • Cisma da Granja do Tedo;

  • Via Sacra da Granja do Tedo;

  • Rijomax;

  • S. João de Tabuaço;

Concelho de Castro Daire:

  • A última rota da transumância;

Concelho de Sátão:

  • Sinos de N. Sra da Esperança;

  • Romaria em honra de N. Sr. Dos Caminhos;

  • Procissão de velas em Honra de N. Sra. Da Esperança:

Concelho de S. Pedro do Sul:

  • Touce (Artefacto de bater a manteiga)

  • Canto a 3 vozes de Manhouce;

  • Ciclo do Pão de Milho de Manhouce;

  • O traje feminino de festa de Manhouce

Concelho de Carregal do Sal:

  • Carnaval de Cabanas de Viriato;

  • Dança dos Cus;

Concelho de Nelas:

  • Carnaval de Canas de Senhorim;

Concelho de Mangualde:

  • Romaria à Senhora do Castelo;

  • Bordados de Tibaldinho;

  • Feira dos Santos;

Concelho de Santa Comba Dão:

  • Bonecas de Pano;

Concelho de Tondela:

  • Louça Preta de Molelos;

  • Festa das Cruzes;

Concelho de Viseu:

  • Cavalhadas de Vildemoinhos;

  • Dança da Morgadinha;

  • Telha de Teivas;

  • Feira de S. Mateus;

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts