29 nov
Viseu

GERAL

Covid-19: Circulação proibida, suspensão de aulas, tolerância de ponto, uso obrigatório de máscara

por Redação

21 de novembro de 2020, 18:44

Foto Arquivo Jornal do Centro

Conheça as novas medidas para o estado de emergência

CLIPS ÁUDIO

António Costa anunciou este sábado (21 de novembro) as novas medidas a aplicar para o novo estado de emergência, renovado ontem pela Assembleia da República.

O primeiro-ministro anunciou que passa a ser obrigatório o uso de máscara nos locais de trabalho, exceto quando os postos de trabalho são isolados ou quando haja separação física entre diferentes postos.

“Também no trabalho se transmite o vírus e também no trabalho a máscara protege da transmissão do vírus”, apontou António Costa.

Outra das medias é a proibição de circulação entre concelhos entre os dias 27 de novembro e 02 de dezembro e 04 e 09 de dezembro.

António Costa avançou que vai ser proibido circular entre concelhos entre as 23:00 do dia 27 de novembro e as 05:00 de 02 de dezembro e as 23:00 de 04 de dezembro e as 05:00 de 09 de dezembro.

Para além disso, também as atividades letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, vésperas de feriado, estarão suspensas assim como haverá tolerância de ponto na Função Pública. Costa apelou ainda ao setor privado para que suspensa "a sua laboração" com a dispensa de trabalhadores naquelas datas, para que haja "no início de dezembro quatro dias com risco de circulação reduzido".

O Governo vai, ainda, aumentar as ações de fiscalização ao cumprimento do teletrabalho porque se tem verificado “um grande incumprimento” em casos em que este tipo de trabalho é possível.

“Onde o teletrabalho é obrigatório, ele vai mesmo ser respeitado”, afirmou António Costa.

De acordo com o líder do executivo, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, já deu autorização para “ações efetivas para se verificar o cumprimento desta obrigação [teletrabalho]”.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts