29 nov
Viseu

GERAL

“Temos uma rede social forte no nosso concelho”

por Redação

24 de outubro de 2020, 07:30

Foto Arquivo Jornal do Centro

Implementado em Viseu o Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS) presta apoio a mais de 300 pessoas por mês. O serviço é orientado pelas Obras Sociais. O responsável, José Carreira, fala do trabalho desenvolvido

CLIPS ÁUDIO

Desde quando o Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social está disponível em Viseu?
Vamos para quatro anos que estamos que estamos a dinamizar o serviço. A nossa equipa é constituída por cinco pessoas O serviço pretende atender pessoas que possam estar numa situação de vulnerabilidade ou fragilidade e acompanhar essas pessoas quando se justifica.

Como tem sido a procura pelo serviço? Tem aumentado?
Eu creio que a procura tem estabilizado, mesmo durante o período da pandemia. Verificamos que há novas pessoas a ter necessidade dos serviços, mas não se verificou um “boom” exponencial da procura do serviço. Falamos em cerca de 250 a 300 atendimentos por mês. Num acompanhamento de 12 meses temos 374 famílias, o que corresponde a 846 pessoas. A maior parte das pessoas que nos procuram são pessoas com mais de 50 anos e que vivem sós. Por causa da pandemia também temos vindo a ser procurados por famílias mais alargadas que perderam totalmente ou parcialmente os rendimentos.

Dificuldades das familias que vão continuar até porque a pandemia não dá tréguas…
Com a entrada do outono e do inverno os números da pandemia tendem a aumentar e as dificuldades podem agravar-se porque ainda há uma série de empresas que estão a beneficiar do lay-off, das moratórias e logicamente que estas medidas não são eternas.  

A parceria com outras entidades é fundamental?
Sim, nós temos uma rede social forte no nosso concelho. Os nossos parceiros são a chave e muitas vezes conseguimos encontrar respostas para estas pessoas e resolver uma série de dificuldades ou limitações que existem naquele agregado familiar.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts