A OUVIR 98.8 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
 
        

Autarca de Sátão teme que requalificação da EN 229 fique por fazer

Sátão, Estrada Nacional 229, requalificação
 

Paulo Santos

Presidente da Câmara Municipal de Sátão


 

Paulo Santos

Fala sobre as expropriações nas obras da Estrada Nacional 229


06-12-2017
 

O presidente da Câmara de Sátão está pessimista quanto à concretização das obras de requalificação da Estrada Nacional (EN) 229, entre o concelho e o município vizinho de Viseu. Segundo a empresa pública Infraestruturas de Portugal (IP), o projeto de intervenção estará concluído no primeiro trimestre de 2018. Ainda assim, Paulo Santos considera que não há "uma vontade grande" da tutela em realizar os trabalhos.

"Se a EN 229 fosse em Aveiro ou em Cascais, nem que tivesse 100 ou 200 metros, já estaria pronto. No entanto, estamos no interior e temos este tratamento que não devíamos ter", lamenta Paulo Santos em declarações à Rádio Jornal do Centro.

O autarca adiantou ainda que serão as autarquias de Sátão e Viseu a suportar o pagamento das expropriações dos terrenos necessários para que as obras de requalificação avancem na EN 229. Sátão até já tem uma verba inscrita no orçamento municipal do próximo ano para o efeito.

Paulo Santos não quer que o Governo tenha uma desculpa para não concretizar uma intervenção que é reclamada por muitos anos. "Temos tanta vontade que esta obra seja uma realidade, que vamos estar preparados para contribuir com a nossa parte", conclui o presidente do município satense.





  • 2002 - 2017 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT