A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Banco Alimentar de Viseu recolheu 72 toneladas de bens alimentares

02-12-2019
 

Mais de 72 toneladas de alimentos foram recolhidas durante o fim de semana em Viseu, na campanha do Banco Alimentar Contra a Fome. O objetivo inicial traçado foi cumprido, como explica a presidente da instituição, Fátima Ribeiro.

“Os números são idênticos aos da camapnha do ano passado. Nós alcançámos o objetivo que tracámos que é aquele que nos garante que vamos ter alimentos suficientes para apoiar as instituições que estão inscritas no Banco Alimentar. Esse número era de 62 tonedaladas. Ultrapassámos e nesta altura do ano, com frio e tudo em que não é fácil as pessoas saírem de casa, é de louvar quem participou. Foi um fim de semana que nos encheu o coração porque vimos uma vez mais o povo a ajudar em prol de uma causa”, disse a responsável.

A nível nacional, foram recolhidas 2.130 toneladas de alimentos em mais de duas mil superfícies comerciais de 21 regiões do país, foi hoje anunciado.

A presidente da federação que reúne os 21 Bancos Alimentares contra a Fome, Isabel Jonet, considerou ter sido "uma campanha muito, muito bem sucedida", acrescentando que a quantidade total recolhida "ainda pode aumentar". 

Isabel Jonet lembrou que a recolha de alimentos "prossegue nos supermercados, e na internet até 8 de dezembro", através do site www.alimentestaideia.pt, ou em vales ("Ajuda Vale") disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Os géneros alimentares recolhidos serão distribuídos, a partir da próxima semana, a 2.400 instituições de solidariedade social, que os entregam a cerca de 380 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

Mais de 2,2 milhões de pessoas estão em risco de pobreza em Portugal ou exclusão social (21,6% da população), de acordo com dados divulgados recentemente pelo INE. 

O Banco Alimentar Contra a Fome foi criado em Portugal em 1991 com a missão de lutar contra o desperdício e distribuir apoio alimentar a quem mais precisa, em parceria com instituições de solidariedade e com base no trabalho voluntário. 

A nível europeu, existem 290 Bancos Alimentares operacionais em 24 países, que, em 2018, distribuíram mais de 781.000 toneladas de alimentos - equivalentes a 4,3 milhões de refeições diárias, em parceria com 45.700 organizações sociais, beneficiando mais de 9,3 milhões de pessoas.

A próxima campanha está marcada para os dias 30 e 31 de maio…







  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT