A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Castro Daire divulga novidade da Rota da Transumância na BTL

BTL, Castro Daire
15-03-2019
 

A ‘Última Rota da Transumância’, evento promovido pelo município de Castro Daire, recria a tradição ancestral que deslocava rebanhos e pastores, desde a Serra da Estrela até à Serra de Montemuro.

No terceiro dia da BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa) a autarquia anunciou, não só as datas do evento para este ano, como também um protocolo com a Câmara Municipal do Fundão, que realiza o Chocalhos – Festival dos Caminhos da Transumância. “Isto tudo começou porque vemos no Fundão um exemplo a seguir. Querendo aprender e elevar o nosso projeto, pedimos algum conteúdo e conhecimento ao Fundão. Foi com esse objetivo que estabelecemos esta parceria: elevarmos os dois eventos, quer a ‘Última Rota da Transumância’, quer o Festival dos Chocalhos”, explica Pedro Pontes, vereador da Cultura do município de Castro Daire.

“É importante partilharmos as culturas a estas práticas ancestrais. Para ambos é uma oportunidade que temos de partilhar estes momentos e conseguirmos potenciar o que temos nas nossas localidades, nos nossos territórios e que, neste caso, são orientadas com o mesmo intuito”, comenta a vereadora da Cultura da Câmara Municipal do Fundão, Alcina Cerdeira.

Dinamização económica, animação, turismo, são algumas das vantagens que traz esta parceria em torno da transumância.

“Acreditamos que, com esta parceria, não vamos ficar só pela transumância. Muitos outros projetos irão surgir porque temos muito em comum, como turismo da natureza, por exemplo”, assinala Pedro Pontes.

A ‘Última Rota da Transumância’ realiza-se em junho, enquanto que o Festival dos Chocalhos é em setembro. Desta forma, podem apoiar-se um ao outro e levar público aos dois lados.

 

Até ao próximo ano, BTL

Não é caso único, mas é raro: uma estrada com 739 quilómetros que liga, literalmente, norte e sul de Portugal. O distrito de Viseu está representado no espaço na Nacional 2, no segundo pavilhão da BTL, com a marca dos viriatos numa réplica de um marco de quilómetros.

Estivemos, também, durante a hora de almoço, no espaço do município de Viseu, que realizou uma degustação de dois pratos cozinhados pelo Home Sushi & Asian Food – Viseu. No stand, diariamente, existem pelo menos duas ‘Happy Hours’, um momento em que são feitas provas gratuitas de sabores regionais. Estivemos, ainda, junto ao stand da Rota Românica e das Aldeias Históricas, onde nos apercebemos do imenso património destas regiões.

Continuando, num dos corredores do pavilhão, encontrámos torta de Viana de Castelo e almoçamos num restaurante madeirense (um dos pontos mais positivos da feira, os sabores de diferentes zonas do continente e ilhas).

Para finalizar a tarde, S. Pedro do Sul recebeu um convidado: Anselmo Ralph. O cantor foi anunciado como a primeira confirmação das festas sampedrenses. Em entrevista à rádio Jornal do Centro, o artista assumiu que o público do Norte sente mais emoção nas suas músicas, mostrando-se contente por se estrear na capital do termalismo. O artista angolano vai aproveitar para interpretar músicas do seu próximo álbum, a ser lançado em maio, e pede a presença de público.

Já no stand do Jornal do Centro, os visitantes foram deixando as suas reações positivas relativamente às iniciativas de responsabilidade – o Calendário da Cidadania e o Bombeirito – e mostravam-se surpreendidos ao perceberem que o Jornal do Centro chega a todas as regiões do distrito de Viseu. A nova aposta do Grupo, a Aqui TV, não ficou indiferente a ninguém.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT