26 Mai
Viseu

Região

Coronavírus: Berrelhas em lay-off

por Redação

01 de Abril de 2020, 19:17

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

A empresa de transportes públicos Berrelhas, operadora do MUV – sistema de mobilidade urbana de Viseu, vai entrar em lay-off, à semelhança do que já fizeram outras transportadoras como a Transdev, que também opera na região, devido à pandemia de Covid-19.  

Ao que o Jornal do Centro apurou, a Berrelhas vai estar em regime de em lay-off parcial a partir desta quinta-feira (02 de abril), sendo abrangidos por esta medida 75 por cento dos 100 funcionários da empresa. Segundo informações que conseguirmos recolher, esta decisão não terá impacto no MUV, que está já há vários dias em serviços mínimos.

Transdev também em lay-off

Também a Transdev, empresa que opera em vários concelhos do distrito, anunciou que aderiu a partir de hoje ao sistema de "lay-off" simplificado, devido à quebra de receitas na sequência da pandemia, numa decisão vai abranger cerca de 2000 trabalhadores. Em comunicado, a transportadora diz que as “restrições decretadas à mobilidade” como medida de mitigação da doença provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, “provocaram a quase total redução da atividade” desta empresa, que se “traduziu numa quebra das receitas na ordem dos 90 por cento”.

O "lay-off" simplificado permite a redução temporária do período normal de trabalho ou a suspensão de contrato de trabalho.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts