03 dez
Viseu

Região

Covid-19: autoridades de saúde pedem para que se eliminem riscos

por Redação

24 de outubro de 2020, 07:00

Foto Igor Ferreira

Mais de 200 casos em Viseu em dez dias. Distrito já ultrapassou a barreira dos 2000, desde o início da pandemia

CLIPS ÁUDIO

“Estamos numa fase de contenção, mas é cada vez mais impossível”. O desabafo chega de quem todos os dias tem de lidar com novos casos de pessoas infetadas ou suspeitas de estarem infetadas com a covid-19. Numa altura em que os números não param de crescer, as autoridades de saúde pedem para que se eliminem riscos e se tomem medidas. Na região Centro, agora a de maior risco, a taxa de incidência é já de mais de mais de 100 casos por 100 mil habitantes. No concelho de Viseu, em dez dias dias, registaram-se 214 novos casos. Tondela e Oliveira de Frades estão com problemas em lares residenciais, onde se concentra a população mais vulnerável (ver gráficos).

“Estamos a ter um crescimento significativo. Os casos são tantos que estamos com dificuldades em dar resposta rápida no rastreamento. A nossa prioridade é chegar rapidamente ao isolamento das pessoas, quando identificado um caso, para assim ser mais fácil a contenção”, explica a mesma fonte que assegura que a maioria das infeções está a acontecer na comunidade com reflexos nas escolas e nas empresas. “Não é um sítio e vários casos. É vários casos em vários sítios”, exemplificou.

O apelo é novamente no sentido de serem cumpridas as regras, numa altura em que o parlamento aprovou o uso obrigatório de máscaras quando não é possível o distanciamento físico. “Lavar constantemente as mãos, evitar situações de aglomerados de pessoas, etiqueta respiratório... são as armas que continuamos a ter”, lembra.

Apesar da situação alarmante, o coordenador regional no combate à covid-19 na região Centro, João Paulo Rebelo, garante garantiu que existe “uma capacidade hospitalar ainda a dar franca resposta” ao nível dos cuidados intensivos e dos internamentos.

O distrito de Viseu já ultrapassou a barreira dos dois mil infetados desde o início da pandemia.

Em Portugal, os últimos dados divulgados pela Direção-Geral de Saúde davam conta de que só durante a última sexta-feira foram 2.899 os casos confirmados de infeção com o novo coronavírus.

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts