03 mar
Viseu

Região

Covid-19: Pavilhão Multiusos está a ser preparado para nova unidade de retaguarda

por Redação

21 de janeiro de 2021, 14:41

Foto Arquivo Jornal do Centro

CLIPS ÁUDIO

O Pavilhão Multiusos de Viseu está a ser preparado para ser mais uma unidade de retaguarda para doentes Covid-19, caso o equipamento do Fontelo deixe de ser suficiente para acolher mais pessoas. Neste momento, anunciou o presidente da Câmara, está a ser definido com a Segurança Social e o Centro Hospitalar Tondela Viseu o número de camas a ali montar. A infraestrutura deverá ficar pronta até ao final da próxima semana.

“Já dei orientação para o aluguer das divisórias e vamos ali instalar preventivamente uma unidade para estarmos precavidos para algum surto que surja num lar ou para a eventualidade de haver intervenção numa lógica sanitária”, referiu Almeida Henriques, frisando que da mesma maneira que foi montado o hospital de campanha no Fontelo, também o Multiusos estava já previsto no plano de contingência da Proteção Civil.

Para o Pavilhão do Fontelo, com capacidade para 60 camas e com as valências de hospital de campanha e unidade de retaguarda, foram já transferidos 10 doentes. No Hospital de Viseu estão internadas 246 pessoas, das quais 17 em cuidados intensivos. Esta unidade aumentou o número de camas disponíveis para 22. A administração fala num “cenário difícil” e anunciou, entretanto, a contratação de 17 enfermeiros e 15 assistentes operacionais.

Números numa semana em que no concelho de Viseu houve mais casos (1004) de pessoas infetadas com o novo coronavírus do que no mês inteiro de dezembro.

O anúncio de que estava a ser preparada mais uma infraestrutura de apoio foi feito em reunião de executivo que decorreu esta quinta-feira. Os vereadores do PS lembraram que já tinham proposta esta alternativa, mas defendem ainda que a autarquia devia avançar com a testagem em massa como já fizeram outros municípios. 

Ouça e trabalhe ao mesmo tempo

Destaques

Podcasts