A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Encontrados objetos pirotécnicos na Avenida da Europa, em Viseu

25-07-2019
 

Os Bombeiros Municipais de Viseu encontraram na Avenida da Europa, em Viseu, um objeto incandescente que, se tivesse caído em zona de mato, poderia ter iniciado um fogo. A denúncia foi feita pelo próprio comandante, Jorge Antunes, que contou que o objeto foi encontrado quando os bombeiros regressam de uma ocorrência na segunda-feira, às 02h00.
A situação foi resolvida mas o para o comandante tudo poderia ter sido mais complicado se o objeto numa mancha florestal. A história foi contada no dia(24 de julho)  em que foi inaugurado o novo quartel dos Bombeiros Municipais. 
Na inauguração esteve o ministro da Administração Interna. Eduardo Cabrita, que foi desafiado pelo presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, para instalar na cidade o futuro Comando Regional de Proteção Civil.

O ministro da Administração Interna (MAI) aproveitou a sua locução para responder ao autarca viseense, avisando que “logo que concluída esta fase de empenhamento de nível máximo” por causa dos incêndios, “a localização estratégica de Viseu será tida em consideração” e acredita que serão encontradas “respostas, quer no plano regional, quer no plano sub-regional”.

Esta decisão, lembrou, será em “diálogo estreito” com a Liga de Bombeiros Portugueses (LBP) e com a Associação Nacional de Municípios (ANMP) para “definir o modelo de organização regional e sub-regional adaptando a resposta com coerência territorial àquilo que hoje é o modelo de organização dos municípios e Comunidades Intermunicipais (CIM) das estruturas do Instituto de Conservação e Natureza e das Florestas”.

“Sei bem quanto este equipamento que hoje colocamos ao serviço de Viseu, da região e de Portugal valorizará ainda mais a capacidade de intervenção dos nossos Bombeiros Sapadores de Viseu”, destacou o ministro que se recusou a falar com os jornalistas no final da cerimónia.

O presidente da Câmara de Viseu pediu também ao Governo apoio para aumentar a pista do aeródromo municipal. "Precisamos ampliar esta pista para facilitar a descolagem e a aterragem e esse é um salto que queremos dar".
Aos desafios de Almeida Henriques respondeu o ministro da Administração Interna com a necessidade de esperar pela nova estrutura regional de Proteção Civil.
O quartel de bombeiros agora inaugurado, Quartel Aeródromo, teve um investimento total de quase um milhão de euros, sendo comparticipado por fundos europeus em mais de 700 mil euros, sendo o valor restante da responsabilidade da Câmara Municipal de Viseu.





  • 2002 - 2019 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT