A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Greve dos enfermeiros: hospitais sem cirurgias programadas

Enfermeiros, greve
10-10-2018
 

A greve dos enfermeiros levou a que não se tivessem realizado cirurgias programadas nos hospitais de Tondela, Viseu e Lamego, segundo informações prestadas por dirigentes sindicais.

 

No distrito de Viseu, todos os blocos operatórios registaram uma adesão de 100% à greve, nomeadamente nos hospitais de Tondela, Viseu e Lamego, disse à Lusa Alfredo Gomes, do SEP.

De acordo com o dirigente sindical, “em Tondela e em Lamego, os blocos não trabalham com urgência, só fazem cirurgia programada e, portanto, estão completamente parados”.

“No caso do hospital de Viseu, como o bloco trabalha com as urgências, a cirurgia programada está toda parada, mas estão a fazer a cirurgia de urgência”, acrescentou.

Alfredo Gomes explicou que, atendendo à adesão a 100%, “a cirurgia de ambulatório está toda parada nos três sítios, porque é uma cirurgia programada”.

 

Os enfermeiros iniciaram esta quarta-feira o primeiro de seis dias de greve para exigir ao Governo que apresente uma nova proposta negocial da carreira de enfermagem que vá ao encontro das expectativas dos profissionais e dos compromissos assumidos pela tutela.

A paralisação nacional repete-se nos dias 16, 17, 18 e 19 de outubro, dia em que está marcada uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa, para exigir do Governo o cumprimento dos compromissos que assumiu mo processo negocial de 2017.





  • 2002 - 2018 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT