A OUVIR 98.9 FM
           00:00:00 | 00:00:00        
      
  
 
        

Lamas da ETAR Viseu Sul continuam depositadas em Calde

Lamas, ETAR, Viseu
 

Baila Antunes

Vereador do PS na Câmara Municipal de Viseu


 

Almeida Henriques

Presidente da Câmara Municipal de Viseu


09-08-2018
 

A situação continua igual no caso da depósito ilegal de lamas provenientes da ETAR Viseu Sul. Os lodos continuam depositados num pinhal em Calde.

Depois de ter denunciado a situação na última reunião da Câmara em finais de julho, o vereador do PS, Baila Antunes, reitera que este é um caso “inconcebível”. “O impacto ambiental é muito significativo, as lamas são de uma ETAR que, supostamente, é um exemplo de estrutura de tecnologia na área do ambiente”, afirma o socialista, falando mesmo em “pecados mortais”.

Já o presidente da autarquia, Almeida Henriques, garante que os serviços municipais continuam a acompanhar de perto o assunto. O autarca diz que a responsabilidade de fiscalizar o cumprimento da lei é do Ministério do Ambiente.

“Nós não temos competência da nossa parte. Temos de honrar os contratos públicos que foram a concurso, que, na ETAR, foram ganhos pela atual empresa gestora, que está supostamente a depositar as lamas nos sítios devidamente autorizados. Aquilo o que fizemos foi sinalizar”, justifica Almeida Henriques, reafirmando que o Ministério do Ambiente tem a missão de resolver definitivamente o problema.

Os populares chamaram a atenção para o facto de no descampado terem sido depositado as lamas, num local que acabou por ser selado pela GNR. Na altura, Almeida Henriques disse que a autarquia estava a acompanhar a situação.





  • 2002 - 2018 - Jornal do Centro é uma marca registada da Legenda Transparente, lda
  • Desenvolvido por: WLC.PT